O Botafogo tropeçou no primeiro teste de 2020. A derrota por 1 a 0 para o Estrela do Norte, na tarde desta sexta-feira, no CT do Hotel Fazenda China Park, em Domingos Martins, poderia até ter um placar mais elástico. Foi a equipe capixaba que ofereceu mais perigo durante os 90 minutos de partida. Mas há pontos positivos que puderam ser observados.

O jogo foi ruim demais. A chuva, que não parou de cair, atrapalhou muito. O torcedor tem todo o direito de ficar desanimado com a primeira exibição do Fogão na temporada, principalmente com o pacote de gols perdidos. Teve até pixotada. No entanto, apesar do pouco tempo dos times em campo (cada etapa foi uma equipe), alguns jogadores se destacaram individualmente.

Cícero foi testado como zagueiro e mostrou segurança. O lateral-esquerdo Guilherme Santos, um dos dez reforços para temporada, salvou o Botafogo em algumas oportunidades de perigo, mostrando vigor físico nas recuperações de bola.

Bruno Nazário, outra novidade para 2020, tem o chute como seu ponto forte (abriu, bateu!). Luis Henrique, alternando entre as duas pontas, e Luiz Fernando, também como extremo, no segundo tempo, buscaram as principais (e poucas) iniciativas do Glorioso.

 

Fonte: Redação FogãoNET