Carlos Eduardo Sangenetto
25/10/2017
Rio de Janeiro (RJ)

Apita o juiz. Barcelona de Guayaquil 0 x 3 Grêmio foi o programa de muitos torcedores do Botafogo na noite desta quarta-feira. E o sentimento de que poderia ser o Fogão lá em Guayaquil, hein? Como fica? Duro de aceitar essa vitória tricolor tão fácil. Sabe por quê? Todos nós sabemos que tínhamos capacidade de fazer algo muito parecido diante de 50 mil barcelonistas.

Torcedores do Grêmio no Monumental Romero Isidro Carbo para o jogo contra o Barcelona de Guayaquil pela LibertadoresCerca de 200 gremistas acompanharam a vitória sobre o Barcelona de Guayaquil (Foto: Reprodução/SporTV)

Vale recordar que, na fase de grupos, o enjoado Botafogo de Jair Ventura não se intimidou com casa cheia. Teve três oportunidades claras de gol com a bola rolando e ainda perdeu um pênalti com Camilo no primeiro tempo. A derrota inesperada no Nilton Santos aconteceu justamente por causa do conhecimento da superioridade técnica contra o time equatoriano, mas que acabou esbarrando no erro tático.

Outro ponto a ser destacado é a diferença que faz ter alguns jogadores específicos no elenco. Luan, autor de dois gols, dispensa apresentações. O faro artilheiro sempre vai pesar nessas horas e decidir partidas. Um bom cobrador de faltas, como sempre foi Edilson, também não pode deixar de ser observado na hora de montar um plantel para disputar a Libertadores.

O Glorioso está nos trilhos e dá sinais que deve se classificar novamente para a competição. Mas já estamos entrando em novembro, ou seja, é hora de arregaçar as mangas e, diante da limitação financeira, buscar reforços pontuais semelhantes aos que brilharam no Equador. O mercado sul-americano pode ser uma opção viável para enriquecer a disciplinada equipe alvinegra. Por que não? Alô, Lopes!

Bateu aquela inveja repentina dos caras, mas saibamos nossas qualidades e tomara que a gente tenha aprendido um pouco do caminho para uma final de Libertadores. Esse é nosso objetivo, que fique bem claro.

Saudações alvinegras!

Botafogo x Barcelona de Guayaquil no Nilton SantosTorcida alvinegra espera o Botafogo novamente na Libertadores-2018 (Foto: Vitor Silva/SSPress/BFR)