Patrocínio da Caixa para Cruzeiro e Botafogo em 2018
Cruzeiro e Botafogo renovaram patrocínio da Caixa Econômica Federal para 2018 (Fotos: Vítor Silva/SSPress/BFR)

Carlos Eduardo Sangenetto
28/12/2017
Rio de Janeiro (RJ)

O Cruzeiro tentou, mas não conseguiu o aumento do patrocínio da Caixa Econômica Federal para temporada 2018. O clube mineiro deve continuar com os valores acertados no último contrato: R$ 12,5 milhões. A informação foi publicada nesta quinta-feira pelo jornalista Gabriel Duarte no Globoesporte.com.

A quantia é a mesma que o Botafogo acertou no dia 22 de novembro, em Brasília, noticiada aqui no Boletim do C.E. Na negociação, o patrocínio dado ao Cruzeiro foi um dos temas abordados que ajudaram o clube carioca a angariar a equiparação dos valores na renovação do vínculo com o banco. A empresa pagou R$ 10 milhões/ano para o Glorioso pelo espaço master em 2017.

Definição do patrocínio com a Caixa fica para início de 2018

A renovação do Botafogo com a Caixa, apesar de acertada com o auxílio do deputado Rodrigo Maia, ainda não foi assinada. O presidente Carlos Eduardo Pereira chegou afirmar que os últimos detalhes estão sendo resolvidos e que uma definição seria conhecida este ano. No entanto, o desfecho ficou para a primeira semana de 2018, quando dirigente deve retornar à capital federal para oficializar a parceria.

Campeão da Copa do Brasil, Cruzeiro comemora renovação do patrocínio com a Caixa pelo mesmo valor

Vamos aguardar e torcer para que não haja mudança nos termos acordados anteriormente. Mas é curioso ver o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil e com classificação direta para fase de grupos da Libertadores, não conseguir um patrocínio maior e ainda comemorar o negócio.

– Não tivemos êxito na questão do aumento do patrocínio. Mas a gente compreendeu a situação também, porque o momento é muito difícil. Só o fato de ficarmos com a Caixa nos deixou contentes, e a gente espera fazer campanhas para o retorno que a Caixa espera – declarou Divino Alves Lima, novo diretor financeiro do Cruzeiro, ao GE.com.

Saudações alvinegras!