Carlos Eduardo Sangenetto
05/12/2017
Rio de Janeiro (RJ)

O desgaste físico foi um dos argumentos apontados pela diretoria, comissão técnica e jogadores e até parte da imprensa para justificar a queda de rendimento do Botafogo na temporada 2017, que terminou surpreendentemente sem a classificação para a Libertadores.

Jogadores do Botafogo cansados após empate contra o CruzeiroBotafogo terminou o Campeonato Brasileiro sem vaga na Libertadores (Foto: Reprodução/Rede Globo)

O Boletim do C.E fez um levantamento dos clubes que mais disputaram partidas no ano até a rodada final do Campeonato Brasileiro e, conferindo a lista, podemos fazer algumas observações interessantes. O Botafogo foi apenas a sétima equipe que entrou mais vezes em campo, ficando atrás de Flamengo, Chapecoense, Grêmio e Cruzeiro, metade dos classificados para Libertadores. O caso da Chape vale destaque ainda maior: saiu do Brasil no meio da temporada para disputar jogos em Barcelona (ESP), Roma (ITA) e Saitama (JAP).

Não vou estender a análise para compararmos os elencos dos times para justificar ou não uma melhor campanha, deixo isso para vocês nos comentários. Mas se pararmos para pensar, lembraremos que o Flamengo sofreu com diversos desfalques no segundo semestre (Ederson, Berrío, Guerrero…), Grêmio e Cruzeiro não têm superelencos e a Chape, a Chape… Bom, tem nem o que dizer, heroicos!

Saudações alvinegras!

Números de jogos na temporada 2017:

Times brasileiros com mais jogos no ano de 2017