Detentor de um imenso carinho por parte dos torcedores botafoguenses e dos atuais membros da diretoria alvinegra, muito por conta da conquista do título do Campeonato Brasileiro de 1995, Paulo Autuori retornou ao Botafogo em fevereiro de 2020 como técnico, cargo este que só ocupa no Glorioso de hoje em diante no Brasil. Apesar de carregar os louros no currículo, o treinador prefere deixar o assunto para a História contar.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Ao ser solicitado pelo jornalista Napoleão de Almeida para recordar momentos felizes vividos na carreira como técnico, Paulo Autuori mostrou estar focado no momento atual. Na entrevista, transmitida ao vivo no YouTube na noite desta segunda-feira, o comandante do Fogão, inclusive, revelou que proibiu que o título de 1995 virasse assunto entre os profissionais com quem trabalha no Botafogo.

– Nós temos que pensar no momento atual e que nas equipes desses clubes têm profissionais de muito bom nível, que estão preocupados em fazer resultados agora. É o agora que importa. O que passou está na história, é ótimo, mas um profissional não pode ficar o resto da vida pegando carona nesses momentos. Eu, particularmente, não gosto. Eu, inclusive, quando entrei agora no Botafogo, dentro do grupo de trabalho, proibi que falassem de 95, porque não dá para ficar falando. Temos que trabalhar para ganhar agora. “Ah, naquele ano… Não, não se fala mais de 95 aqui”. Não gosto de ficar tocando em assuntos de clubes no passado. Só há futuro com um presente forte – declarou o técnico do Botafogo.

Fonte: Redação FogãoNET