Rafael decide abrir mão da camisa 7 do Botafogo e passa usar número que vestiu no Manchester United

60 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Rafael em Charlton Athletic x Botafogo | Jogo-treino 2022
Vítor Silva/Botafogo

Contratado em setembro de 2021 e escolhido para vestir a camisa 7 do Botafogo, o lateral-direito Rafael não usará o número místico da história do Glorioso a partir da temporada 2023. O Boletim do C.E apurou que a decisão foi do próprio jogador. A sete passou a ficar livre, e a atitude foi elogiada nos bastidores do clube.

Já nesta quinta-feira (1/12), na disposição das camisas dos jogadores no vestiário do CT do Crystal Palace, onde o Botafogo venceu o Charlton Athletic por 4 a 2, foi possível observar que Rafael utilizaria o número 2 no jogo-treino contra o clube inglês. Ele entrou em campo e já estreou.

A camisa 2 ficou disponível no elenco em meados de novembro, quando o também lateral-direito Renzo Saravia deixou o Fogão ao fim do contrato.

Camisa 2 de Rafael no vestiário do CT do Crystal Palace antes do jogo-treino contra o Charlton Athletic
Rafael passa a ser o camisa 2 do Botafogo para temporada 2023 (Foto: Instagram/@botafogo)

Camisa 2 no Manchester United

Não será a primeira vez que Rafael utilizará a camisa 2. Ele a levou às costas de 2008 a 2015 quando defendeu o Manchester United, na Inglaterra. No Lyon, da França, e no Istanbul Basaksehir, da Turquia, o botafoguense trajou a 4.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas