É verdade que Messi marcou de pênalti, em uma cobrança indefensável, o gol de empate da Argentina com o Paraguai na Copa América. Mas com a bola rolando, embora o lance tenha sido invalidado pelo VAR, o craque do Barcelona parou nas mãos de Gatito Fernández na melhor trama de ataque dos hermanos na noite desta quarta-feira no Mineirão. A defesa do goleiro do Botafogo foi exaltada nas transmissões de TV e rádio.

Na Rede Globo, o comentarista Caio Ribeiro disse que os torcedores botafoguenses deviam estar orgulhosos da performance de Gatito em Belo Horizonte. Mas foi no rádio, como sempre, que o feito do arqueiro alvinegro ganhou mais emoção.

Na Rádio Globo, o narrador Marcelo do Ó disse que Gatito fez um “milagre”. O repórter Gui Pradella sugeriu que o lance fosse para o currículo do camisa 12.

Marcelo do Ó: Deeefeeendeu, Gatiiitooooo! Milaaaagre! Milagre no Mineirão! Lautaro Martínez deu no poste. Na marca do pênalti, veio o Messi, gira, à queima-roupa. Gatito manda para escanteio, Pradella!

Gui Pradella:  E é para colocar no currículo. Que defesa do Gatito!

Não muito diferente disso, a transmissão mineira da Rádio Itatiaia também descreveu a defesa como “milagre”, além definir o reflexo do goleiro como “extraordinário”.

Ênio Lima: Deeefendeu Gatito Fernández! Gatito, Gatito saltou no caaaanto e evita o que seria o gol dos hermanos!

Thiago Reis: Extraordinário, Gatito! Primeiro, contou com a sorte, a bola explodiu no travessão. Mas depois no giro do Messi, à queima-roupa, o Gatito Fernández, goleiro do Botafogo e da seleção paraguaia, operou um milaaagre no melhor lance da Argentina no jogo!

[ 🔊 Escute os áudios no fim da matéria ]

No fim do jogo, a Brahma anunciou que o goleiro do Fogão foi eleito, pela segunda vez na competição, o melhor jogador da partida. Ele já tinha levado a votação popular no duelo do último domingo, no Maracanã, contra o Catar.

Rádio Globo:

Rádio Itatiaia:

Fonte: Redação FogãoNET