A tarde de domingo foi de homenagens no Estádio Nilton Santos. Enquanto o Vasco lembrou de Marielle Franco, o Botafogo reforçou o luto por Bebeto de Freitas. A vereadora carioca foi assassinada e o ex-presidente botafoguense morreu após um infarto, as duas tristes despedidas aconteceram na última semana.

Uma faixa para Marielle e o motorista Anderson Gomes, também vítima do homicídio na última quarta-feira, foi exibida antes do clássico começar na pista de atletismo do estádio. “Somos todos Marielle e Anderson” dizia a mensagem vascaína com a cruz de malta. Antes do Vasco, o Flamengo, time do coração da parlamentar, foi o único grande clube do Rio de Janeiro a se manifestar sobre o fato, dentro e fora de campo.

Bebeto de Freitas recebeu tributos no uniforme do Fogão, que jogou todo de preto (camisa, calção e meias) e um selo especial próximo ao escudo. Além disso, o ex-dirigente teve um minuto de silêncio anunciado pelo locutor e por uma imagem no telão do Niltão. Uma bandeira para Bebeto também foi vista na arquibancada do Setor Norte, onde estavam localizadas as torcidas organizadas do Alvinegro.

O que você achou das manifestações? Deixe seu comentário.

Saudações alvinegras!

 


Homenagens para Bebeto no telão e no uniforme do Botafogo (Foto: Vítor Silva/SSPress/BFR)