Sem espaço no Botafogo, Jorge Wagner pode estar de saída do Botafogo. O jogador recebeu uma sondagem de empresários ligados a grandes clubes do Japão e tem o interesse em respirar novos ares, após perder vaga na equipe titular do Alvinegro durante o Campeonato Brasileiro.

Atualmente no departamento médico por conta de uma lesão muscular, Jorge Wagner perdeu espaço no elenco e tem tido poucas oportunidades. Ele, no entanto, segue com prestígio inabalado no Japão, onde defendeu o Kashiwa Reysol nas últimas três temporadas antes de fechar com o Botafogo no início do ano.

Decepcionado com o próprio futebol apresentado no Botafogo, Jorge Wagner pretende abrir um novo capítulo em sua carreira, que está próxima do fim – ele tem 35 anos. Além disso, a crise financeira vivida no Alvinegro incomoda, já que ele recebeu apenas um mês – são cinco direitos de imagens atrasados, o que representa a maior parte de seu salario.

“O Jorge Wagner está com 35 anos e pode ser uma boa para ele uma negociação nesse momento. Vamos conversar com o Botafogo ainda e ver como eles recebem essa situação. Não acredito que haverá uma resistência por parte do clube, já que eles respeitam muito o jogador, que sempre honrou seus compromissos de maneira profissional”, disse o empresário do apoiador, Antônio Gustavo.

Contratado no fim de 2013, Jorge Wagner herdou a camisa 10 de Seedorf, que decidiu encerrar sua carreira para virar treinador do Milan – holandês foi demitido no fim da temporada europeia e substituído por Filippo Inzaghi no time italiano. No momento, o apoiador trata uma lesão muscular e deve ficar no departamento médico pelas próximas duas semanas. Até agora, o jogador disputou 21 jogos e marcou três gols pelo Alvinegro.

Fonte: UOL