Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Agente não descarta a volta de Sheik com possível intervenção no Botafogo

0 comentários

Compartilhe

O agente de Emerson Sheik, Reinaldo Pitta, admite que a “cagada está feita” após o afastamento do atacante e de outros atletas na última sexta-feira, mas não descarta a volta de seu cliente ao Botafogo. Membros da oposição alvinegra deverão encaminhar ao Conselho Deliberativo alvinegro proposta para intervenção no clube e o afastamento do presidente Maurício Assumpção.

Além de Sheik, o lateral direito Edilson, o zagueiro Bolívar e o lateral esquerdo Julio Cesar foram avisados que não treinariam mais em General Severiano no fim da semana passada.

“Acho complicada (a volta de Sheik), mas não vou dar opinião. Deixa acontecer. A cagada está feita. Tenho um carinho muito grande pelo Botafogo, mas agora cabe ao pessoal do Conselho ver isso. Se acontecer (de Assumpção ser afastado), a rescisão do Emerson não está consumada, falta colocar no papel para fazer o cancelamento (do contrato)”, afirma Pitta ao ESPN.com.br.

“A gente tem interesse em acabar logo de uma vez com essa novela, mas não me consultaram em nada (sobre um possível retorno) e não falaram em nada até agora. Até porque pode não acontecer”, prossegue.

O empresário diz não ter recebido qualquer contato do Botafogo desde o e-mail comunicando a saída de Emerson Sheik na noite da última quinta-feira.

Na expectativa de uma reunião no decorrer desta semana, Reinaldo Pitta não reprova a postura do presidente do Corinthians, Mario Gobbi, que deixou claro no sábado que Sheik “não é problema do time” e que é responsabilidade dos cariocas encontrarem um novo destino para o atacante até o fim de seu empréstimo, em 31 de dezembro.

“Gobbi está corretíssimo. O presidente do Botafogo, como ele pediu e implorou para que o Emerson viesse para o seu clube, antes de tomar a atitude deveria tinha que ter informado ao Corinthians, concorda? É meio lógico, mas não compete a mim qualquer afastamento de presidente, vamos aguardar uma solução definitiva”, conclui Pitta.

Comentários