Aguirre quer vir. O atacante da Udinese conversou com a reportagem do Globoesporte.com e declarou sua vontade de defender o Botafogo. Ele elogiou o carinho que tem recebido da torcida e confirmou que foi ele quem escreveu as postagens em seu Instagram dizendo que quer jogar no Glorioso.

O Botafogo ainda negocia com a Udinese para baixar a pedida de US$ 500 mil para ter o uruguaio por empréstimo de um ano. O Botafogo ofereceu metade deste valor, mas a proposta não agradou os italianos. Enquanto isso, Aguirre se declarou:

– Primeiro porque é uma equipe muito importante no Brasil e que pude enfrentar na Libertadores. A cidade, o estádio, a torcida, a história do clube, a raça do time… Creio que mexeu comigo mais do que qualquer outra equipe. E depois recebi o carinho das pessoas e isso me convenceu ainda mais e me levaram a tomar essa decisão – afirmou Aguirre, relembrando o duelo com o Botafogo pelo Nacional na última Liberadores:

– Creio que foi uma coisa muito importante também. Me marcou jogar em um estádio lotado. Lembro que não conseguíamos nos escutar a dois metros de distância por causa do barulho da torcida. Nós sul-americanos somos apaixonados e gostamos muito desse clima.

Aguirre negou que tenha conversado com Loco Abreu e, enquanto isso, torce para que tudo seja resolvido:

– A última vez que falei com eles, disse que queria jogar no Brasil, mas faltava acertar clube com clube a transferência. Não depende de mim. Espero que se resolva o quanto antes para poder viajar, treinar e conhecer os companheiros.

Fonte: Globoesporte.com