O choro em campo após a contusão e a saída do estádio numa cadeira de rodas foram marcantes. E, tão marcantes quanto a fratura na fíbula eram as atuações de Airton, que já havia se revelado diferente do que a maioria pensava: um jogador que sabia segurar a bola e tinha uma boa saída de jogo. Por causa da lesão, tudo isso teve que sair de cena durante algumas das melhores fases do Botafogo na temporada; entretanto, o retorno está mais próximo do que pode parecer. O Botafogo não dá uma previsão oficial de quando o volante estará apto para retornar, mas ele já tem uma expectativa, uma torcida: quer voltar a campo em cerca de 30 dias.

— A parte mais complicada da lesão já passou. Estava com pino, fazendo a calcificação. Recentemente, fizemos um raio-X e vimos que a região já está calcificada. Agora é mais o trabalho mesmo para recuperar o ritmo de jogo — disse Airton.

Por enquanto, ele ainda não sobe ao campo para treinar, o que não significa que não treine com bola.

— Faço mais na academia, mas já toco em bola sem dor. Esta semana eu já devo estar subindo, botando chuteira, para fazer uma movimentação dentro do campo — afirmou o jogador.

Por enquanto, Airton ainda treina na academia. Ele espera voltar a campo em breve
Por enquanto, Airton ainda treina na academia. Ele espera voltar a campo em breve Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Se tudo correr como ele espera, a volta será a tempo de uma eventual semifinal da Libertadores. Seria importante retornar nesta temporada porque o contrato do atleta vai até dezembro. Ele já está, inclusive, livre para assinar um pré-contrato com outra equipe e sair de graça no fim do ano. No entanto, a intenção não é essa:

— Estamos conversando para renovar. Estou muito feliz no Botafogo, já vai fazer quatro anos que estou aqui e estou muito bem. Espero ficar por bastante tempo — garantiu Airton.

Fíbula já está recuperada, mas as unhas…

Segundo o jogador, a fíbula já está recuperada. No entanto, ele acabou mutilando outra parte do corpo enquanto esteve de molho no departamento médico:

— Quando venho assistir a jogos aqui no Nilton Santos, eu fico quase sem unha (risos). Por isso até prefiro ver algumas partidas em casa — afirmou, antes de ressaltar: — Mas eu fico feliz que o nosso grupo esteja fazendo uma grande temporada. Ano passado já foi assim, e agora estamos dando uma sequência. Se Deus quiser, vamos coroar essa trajetória com o título da Libertadores.

Antes de se machucar, Airton havia sido importante na Liberta: foi dele o primeiro gol do Alvinegro na competição, ainda na pré-Libertadores, contra o Colo-Colo. Até por isso, a vontade de voltar e contribuir mais é imensa.

— Sempre queremos jogar, ajudar, mas as lesões acontecem. Temos um jogo muito importante pela Libertadores, sabemos que será muito complicado. O time está muito bem, está focado, e, se Deus quiser, faremos dois grandes jogos.

Fonte: Extra Online