Mesmo sem ainda ter sido apresentado, Antônio Lopes já participa ativamente do planejamento do Botafogo para a temporada 2015. O novo gerente de futebol alvinegro mostra força nos bastidores do clube e já começa a travar alguns planos feitos pela diretoria antes de sua chegada. Loco Abreu e Bruno Cortez são nomes que o cartola julga não combinar com o atual momento de reestruturação do Botafogo.

Os casos caminham para destinos iguais, mas são tratados com certa distinção. A situação de Loco Abreu era monitorada pela nova diretoria do clube desde que a temporada 2014 terminou – marcada pelo rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Antônio Lopes descartou, em entrevista à rádio Globo, a contratação do atacante uruguaio. O Botafogo tem uma dívida com o veterano de 38 anos, mas a situação não sensibiliza o gerente de futebol.

“Não existe projeto para o Loco Abreu voltar. O nome dele não foi mencionado a partir do momento em que cheguei aqui”, anunciou Lopes.

A situação de Cortez também é considerada proibitiva para o Botafogo no momento. O lateral esquerdo está vinculado ao São Paulo e tem salário acima do teto estipulado pela diretoria – R$ 50 mil, com exceção ao goleiro Jefferson.

O retorno do jogador – que se destacou no Alvinegro em 2011 – está nos planos de Antônio Lopes. O diretor concorda com o nome proposto pelos companheiros da cúpula do Botafogo, mas também pode travar o negócio. Cortez só será contratado se houver uma composição com o São Paulo, para que o lateral esteja adequado à política salarial do clube.

“Tem de fazer contratação de jogadores olhando a parte técnica, claro, mas a parte financeira também. Vamos colocar jogadores jovens, bons jogadores. Não podemos contratar jogadores excepcionais. Não podemos enganar”, avisou o dirigente.

Com muito trabalho pela frente, Antônio Lopes será apresentado nesta segunda-feira, no Engenhão. Até o momento, o Botafogo só contratou o zagueiro Alisson. O defensor atuou com a camisa do Paraná em 2014.

Fonte: UOL