Em situação muito delicada no Brasileiro – está no Z-4, em 18º lugar, a cinco rodadas do fim do campeonato -, o Botafogo se agarra à esperança e quer contar com o apoio dos seus torcedores na reta final. E, ainda que seja como visitante, volta ao Maracanã na próxima rodada. O Alvinegro retorna ao estádio depois de um mês para enfrentar o Fluminense, sábado, com mando de campo do adversário.

A possibilidade de mandar os seus dois últimos jogos em casa, contra Figueirense (dia 19) e Atlético-MG (7 de dezembro) no velho lar está sendo estudada pela diretoria. Até segunda ordem, o site da CBF aponta o Maracanã como local desses dois confrontos.

O último jogo do Botafogo no Maracanã foi a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, no dia 8 de outubro. Depois disso, a diretoria decidiu levar quatro jogos para Volta Redonda e Manaus, a fim de evitar penhora da renda devido a uma ação trabalhista do técnico Joel Santana.

A Arena Amazônia, em Manaus, deu sorte: o Alvinegro conseguiu duas viórias sobre Corinthians (1 a 0) e Flamengo (2 a 1). No Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, um empate (1 a 1 com o Sport) e uma derrota (2 a 0 para o Atlético-PR, no sábado).

Com 33 pontos e vindo de duas derrotas, o técnico Vagner Mancini disse que o clube ainda não jogou a toalha. Para ele, a semana de treinamentos será decisiva para vencer o clássico.

– Nas quatro próximas semanas temos que fazer mais do que já fizemos até agora. O torcedor entende que estamos bucando e que vamos entrar no próximo jogo com o espírito mais forte do que hoje para mudar esse quadro que hoje é muito desfavorável – disse Mancini.

Fonte: Extra