Depois da vitória e da boa impressão na estreia de Alberto Valentim, contra o Nova Iguaçu, na quinta-feira, o jogo deste domingo, diante da Cabofriense, às 19h30, no Estádio Nilton Santos, servirá de termômetro para o torcedor alvinegro entender o que pode esperar do time daqui para frente, ainda mais porque na próxima rodada da Taça Rio o duelo é com o Flamengo. Satisfeito com o que viu em seu primeiro jogo, o treinador quer ver o time evoluindo cada vez mais.

—– Tivemos uma boa vitória, conseguimos levar muitas coisas dos nossos treinos para o jogo. Gostei muito. Aos poucos, vamos evoluindo na parte técnica. Quanto ao empenho, não tenho dúvida de que estes jogadores sempre entregam o máximo — destacou Valentim.

A tendência é que o time titular na abertura da Taça Rio se repita. Entre os desfalques, apenas Marcos Vinícius treinou normalmente com o grupo. Jefferson, Matheus Fernandes e Renatinho seguem no departamento médico. Dos três, o goleiro e o volante vinham sendo titulares antes da chegada do novo técnico.

Eles foram substituídos por Gatito Fernández e Rodrigo Lindoso, respectivamente. Já Renatinho terá que disputar lugar com Leo Valencia. Após 22 partidas passando em branco com a camisa alvinegra, o chileno finalmente desencantou, marcando um belo gol de falta contra o Nova Iguaçu. A expectativa, agora, é saber se o meia vai começar a mostrar o futebol que se espera dele.

No ano passado, Valencia foi muito contestado e chegou a ser criticado publicamente pelo então treinador Jair Ventura. Em 2018, em oito jogos do Botafogo na temporada, Valencia foi titular em sete.

Fonte: Extra Online