Nesta terça (17), o elenco do Botafogo se reapresentou no Estádio Nílton Santos para iniciar sua preparação para a partida contra a Cabofriense no próximo domingo. E as atenções estão em cima do goleiro Renan, que terá a obrigação de defender a meta Alvinegra nas próximas três rodadas, já que o Glorioso não poderá contar com Jefferson, que foi convocado para a Seleção Brasileira, que irá jogar dois amistosos contra a França e Chile.

Renan voltará à meta do Botafogo após quase dez meses. Sua última partida foi no dia 1º de junho, quando o Glorioso empatou por 1 a 1 com o Corinthians (SP). Depois da partida, o goleiro pediu para deixar o clube e acabou perdendo espaço, vendo Helton Leite e Andrey serem opções a sua frente. O técnico René Simões mostrou confiança em Renan e garantiu que ele substituirá bem Jefferson.

– Nesse período sem o Jefferson, vamos com o Renan, que vai muito bem, pode ter certeza. É um jogador que está caminhando nos passos do Jefferson. Quando acabou o jogo contra o Resende eu falei com o Renan: “Chegou a hora”. Ele disse: “Pode ficar tranquilo”. Ele está tranquilo, é um baita goleiro. É igual ao Jefferson? Não, mas pode vir a ser – afirmou o treinador.

Jefferson também passou confiança para Renan, garantiu que ele vai se sair muito bem e que quando retornar da seleção, o Botafogo ainda estará entre os primeiros do Campeonato Carioca:

– Procuro passar experiência para os jogadores, tanto dentro quanto fora de campo, e vem dando certo. Tenho certeza que o Renan vai dar conta do recado. Se Deus quiser, quando eu voltar o Botafogo vai estar lá em cima – disse.

Jovem jogador agradece por carinho

Voltando ao gol do Botafogo, Renan agradeceu ao carinho de todos no clube, afirmou que se sente um dos lideres do grupo, pelo tempo que tem de Botafogo e com isso, busca ajudar os companheiros que chegaram recentemente ao Glorioso.

– Vejo que tenho o carinho de todos do clube e da torcida também, por esse tempo que estou aqui e ter vindo da base, o que cria uma identificação. Por já conhecer bem o Botafogo, ajudo aqueles que chegaram para que se adaptem rapidamente. Sei do momento que o clube passa, se reestruturando, e quero realmente ajudar. Com esse tempo de casa, posso ajudar de muitas formas – frisou.

Sem esconder a ansiedade para voltar ao gol do Botafogo, Renan garantiu que irá seguir trabalhando durante essa semana para a partida contra a Cabofriense, afirmou que 2014 foi um ano ruim, mas que serviu de experiência para o restante de sua carreira:

– É uma semana importante para mim, mas vou procurar manter o que venho fazendo. Vou seguir treinando muito e esperando chegar o dia do jogo. Quero logo entrar em campo e fazer o que mais gosto. Vejo como um recomeço, depois de um 2014 difícil, mas de muito aprendizado. Para mim é passado. Hoje me encontro motivado para ajudar o Botafogo até o fim da temporada.

Nesta quarta, às 17h, o Botafogo jogará um jogo-treino contra o Minnesota United (EUA), no campo principal do Estádio Nílton Santos.

Fonte: FutRio