Líder do Campeonato Carioca, o Botafogo não se ilude com os bons resultados. Mesmo com um bom desempenho no Estadual, o clube sabe que precisará de reforços para disputar a Série B do Brasileiro, que começará em maio. Uma situação específica vem sendo cuidadosamente conduzida pelo Alvinegro. Daniel Carvalho estava aposentado há quase dois anos e surpreendeu a diretoria ao pedir para manter a forma com o elenco. O desempenho do jogador de 32 anos surpreendeu e a comissão técnica já admite contar com o atleta no restante da temporada.

O problema é que a torcida do Botafogo não ficou tão satisfeita com a situação. Daniel Carvalho desperta sentimentos extremos nos torcedores. Alguns estão otimistas com a motivação do jogador, que retomou a carreira após um pedido do filho. Consideram que isso pode reviver o melhor do apoiador. Por outro lado, botafoguenses veem com pessimismo a contratação.
Isso porque Daniel Carvalho não teve um bom desempenho nos últimos clubes em que passou. Após ser revelado no Internacional e vendido ao CSKA-RUS, o jogador jamais correspondeu às expectativas. Decepcionou no retorno ao Colorado, no Atlético-MG, Palmeiras e Criciúma, sendo dispensado dos dois últimos.

O problema com a balança foi considerado a principal deficiência de Daniel Carvalho recentemente. O assunto já o incomodou bastante. Hoje, no entanto, ele está visivelmente mais magro. E isso permitiu que o jogador mostrasse boa desenvoltura nos treinamentos. Ele, inclusive, foi relacionado para os jogos-treinos do Alvinegro.

“É um jogador que tinha parado, mas pelo filho resolveu voltar. Me pediu se podia manter a forma lá. Vem mantendo a forma, mas vem tendo uma produção como teve no jogo contra o time dos Estados Unidos. Em um tempo de jogo ele fez 25 passes de segurança e errou só dois. Nos passes decisivos fez 11 e errou só três. E o passe de quebra de linha, que você faz para frente, ele fez mais uns 20 e errou pouquíssimos. É um jogador que vem se empenhando muito e, se continuar produzindo o que vem produzindo, a gente pode até pensar no Campeonato Brasileiro, quem sabe? Mas não tem nada definido, não”, disse o técnico René Simões em coletiva.

Daniel Carvalho foi muito bem recebido pelos companheiros e já faz parte do grupo, mesmo sem entrar em campo. Pesa a seu favor a experiência obtida ao longo da carreira. Ela serviria para equilibrar com a grande quantidade de jovens do elenco. “Nosso grupo aceita bem os jogadores, e ele é um jogador experiente. Temos assim o Marcelo Mattos, o Jefferson, o Roger Carvalho e o Bill. Quatro, ainda tem espaço para alguém mais experiente”, completou.

Em 2013, Daniel Carvalho foi dispensado do Criciúma e decidiu se aposentar. Ele passou a investir no futsal e até mesmo jogou por mais de um ano. Após um pedido do filho, decidiu retomar a carreira e pediu ao Botafogo para manter a forma no clube, com o objetivo também de voltar ao ritmo de treino com bola. Nenhum acordo foi firmado até o momento, mas a tendência é que isso ocorra em pouco tempo.

Fonte: UOL