ÁRBITRO INVENTA PÊNALTI, BOTAFOGO EMPATA E FICA MAIS LONGE DA SEMI

Compartilhe:

A vida do Botafogo no Campeonato Carioca não está nada fácil. Nesta quinta-feira, a equipe voltou a tropeçar e empatou por 2 a 2 com o Audax, em Moça Bonita. Tanque Ferreyra abriu o placar, mas Willian contou com falha de Helton Leite para deixar tudo igual. No segundo tempo, Marcelo Mattos voltou a deixar o Alvinegro em vantagem, mas Washington deu números finais ao duelo.

Com o resultado, o Botafogo se mantém na 6ª posição, agora com 16 pontos. Caso vencesse, o Alvinegro poderia chegar aos 18 pontos e alcançar o Fluminense, na segunda colocação. Como isso não ocorreu, o Tricolor só poderia cair no máximo até a quarta posição, o que o garante na semifinal do Carioca.

Botafogo e Audax iniciaram a partida com muita lentidão. Lanterna da competição, os donos da casa adotara uma tática que vem dando certo contra o Alvinegro: a retranca. Fechado e apostando nos contra-ataques, a equipe levou perigo ao gol de Helton Leite, que substituiu Jefferson, na seleção brasileira.

Jonathan Balotelli arriscou de longe e quase abriu o placar para o Audax, que tinhas as melhores chances. Willian também arriscou, mas Helton Leite fez a defesa. Mas aí o Botafogo começou a pressionar. Jorge Wagner chutou de dentro da área, para fácil defesa de Paulo Vitor. Mas os donos da casa não conseguira segurar o Alvinegro por muito tempo.

Aos 26min, Edílson avançou pela direita e foi até a linha de fundo. Inteligentemente ele esperou o deslocamento de Tanque Ferreyra na área, que só teve o trabalho de empurrar para as redes: 1 a 0. Mas o Audax não estava entregue. Cinco minutos depois, Willian bateu falta da entrada da área e contou com falha de Helton Leite para deixar tudo igual em Moça Bonita: 1 a 1.

As equipes voltaram do intervalo com a mesma postura, embora o Botafogo tenha se insinuado logo no primeiro minuto com um bom chute de Marcelo Mattos. Após o lance, o jogo novamente ficou sem grandes oportunidades com o Alvinegro tentando sem sucesso furar a retranca do Audax, que só saía na boa, evitando se expor.

E em uma falha conjunta de Dória e Bolívar, o Audax quase conseguiu a virada. E ela só não ocorreu porque Washington perdeu com incrível, sem goleiro, quase na pequena área. Como diria o técnico Muricy Ramalho: “a bola pune”. No lance seguinte, o Alvinegro voltou a ficar na frente do placar. Edílson cruzou na medida e conseguiu sua segunda assistência na partida. Dessa vez Marcelo Mattos cabeceou com precisão para fazer 2 a 1, aos 17min.

Quando a partida se encaminhava para uma vitória do Botafogo, o Audax voltou a reagir. Principal destaqueda equipe, Jonathan Balotelli deu passe para Daivid, que caiu dentro da área e consegui o pênalti. Wasington cobrou e deu números finais ao duelo, que praticamente elimina o Alvinegro da competição.

AUDAX RIO 2 X 2 BOTAFOGO

Data e horário: 06/03/2014 (quinta-feira), às 16h (horário de Brasília)
Local: Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Diogo Carvalho Silva e Alessandra Agra Amorim
Público:
Renda:
Cartões amarelos: Gabriel, Jorge Wagner, Julio Cesar e Henrique (BOT) Washington e Thiago Martinelli (AUD)
Gols: Tanque Ferreyra, aos 26min, e Willian, aos 31min do primeiro tempo; Marcelo Mattos, aos 17min, e Washington, aos 34min do segundo tempo

AUDAX RIO
Paulo Victor; David Modesto, Leandro Camilo, Thiago Martinelli e Marcão (Agnaldo); Arthur, Yuri Willian e Matheus Vargas (Wellington Soares); Washington (Alê) e Jonathan Balotelli
Técnico: Júnior Lopes

BOTAFOGO
Helton Leite; Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Lucas), Gabriel, Jorge Wagner, Gegê (Bolatti) e Wallyson; Tanque Ferreyra (Henrique)
Técnico: Eduardo Hungaro



Fonte: UOL
Comentários