Assumpção diz que não será candidato na próxima eleição: ‘Meu ciclo acabou’

Compartilhe:

Maurício Assumpção não será candidato à presidência do Botafogo em 2014. Atual mandatário do clube, ele está há cinco anos no cargo. Sob seu comando, o clube conquistou dois Campeonatos Cariocas (2010 e 2013). Mas um futuro terceiro mandato está praticamente descartado, pois Assumpção diz não querer se perpetuar na função.

– A gente tem ainda um ano e meio pela frente, e um ano até as eleições é muito tempo. Mas eu acho que meu ciclo está finalizado, acabou, seis anos foram o suficiente. Foi bacana, emocionante e triste em alguns momentos. A perpetuação de determinadas pessoas no poder eu não acho benéfico. Tem que haver renovação, novas cabeças, pensamentos. Acho que meu ciclo está, depois do ano que vem, terminado – disse em entrevista à Rádio Brasil.

Recentemente, Maurício Assumpção havia deixado claro a preferência pela manutenção de Oswaldo de Oliveira como técnico. E para seu último ano do atual mandato, outra promessa: o centro de treinamentos das categorias de base, em Marechal Hermes, ficará pronto.

– Agora estamos pesquisando preços. São três empresas que já visitaram Marechal, vão nos dar o orçamento. Não é só demolir. Até o final do meu mandato, o CT estará pronto. É o que falta, junto com o CT do profissional, para encerrar meu ciclo no Botafogo de forma definitiva, acho que fica bonito e seria um legado importante a reestruturação da base e a entrega do CT.

O Botafogo enfrentou diversas dificuldades burocráticas para conseguir a autorização para iniciar a demolição da atual estrutura de Marechal Hermes que dará lugar a novas instalações. Uma das exigências era um estudo sobre o impacto no trânsito da região, apesar de no local já funcionar um centro de treinamento esportivo. A autorização foi liberada no início do mês. Enquanto isso, as promessas alvinegras treinam no Caio Martins.

Fonte: Globoesporte.com e Rádio Brasil

Comentários