O Atlético-MG oficializou a saída do lateral-esquerdo Danilo Barcelos. A rescisão contratual do lateral-esquerdo foi publicada nesta segunda-feira no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Apesar de ter rescindido o contrato de Danilo, que se encerraria no fim da temporada 2020, o Atlético vai ficar com 20% dos direitos econômicos do jogador. O alvinegro ainda poderá lucrar em caso de venda futura do jogador.

Danilo Barcelos vai assinar contrato com o Botafogo por duas temporadas. O vínculo do jogador com o clube carioca vai até o fim de 2021.

Danilo chegou ao Atlético em 2017. Depois de sete meses no clube, ele foi emprestado à Ponte Preta. No entanto, a pedido do então técnico Oswaldo de Oliveira, o lateral retornou à Cidade do Galo no início de 2018, antes do fim do vínculo com a Macaca. Em abril do mesmo ano, o Alvinegro repassou novamente Danilo ao time de Campinas, como parte da negociação para a contratação do lateral-direito Emerson.

O jogador reviveu, na Ponte Preta, os melhores dias da carreira. Ele atuou 32 vezes pela equipe campineira e anotou três gols, além de oito assistências.

Em 2019, o jogador defendeu as cores do Vasco. Danilo foi um dos atletas que mais defenderam o clube carioca na temporada passada, com 45 partidas disputadas e quatro gols marcados. No entanto, o cruz-maltino optou por não tentar a renovação.

Pelo Atlético, Danilo fez 23 jogos e quatro gols marcados. O mineiro foi revelado pelo América, em 2011, e passou por Francana (MG), Poços de Caldas (MG), Anápolis (GO) e Sport durante a carreira. Em 2016, ele se destacou no retorno ao Coelho e acabou contratado pelo Galo.

Fonte: Superesportes