O Atlético Paranaense entrou na disputa por Bergson, atacante do Paysandu que foi o artilheiro da Série B 2017 com 16 gols, e se aproximou de um acerto com o jogador, que também é pretendido por Vasco e Botafogo. Ainda restam detalhes a serem definidos pelas partes para que se bata o martelo.

Procurado pela reportagem, o pai e empresário do atleta, Efraim Mendonça, não quis conceder entrevista e optou por não falar de valores ou qual a escolha fará, mas declarou que irá definir o futuro do filho até metade da próxima semana.

O UOL Esporte apurou que o Botafogo considerou alta a pedida salarial e analisa seguir na disputa pelo jogador de 26 anos, que também avalia a hipótese de seguir no Paysandu ou se transferir para Sport ou Bahia, outros dois que manifestaram interesse. O Vasco analisa a pedida, considerada alta pelo clube cruzmaltino. Em Curitiba, entretanto, Bergson é cotado como reforço dentro do CT do Caju, faltando acertar os valores salariais, de luvas e os exames médicos. O jogador não tem contrato em vigor: o compromisso com o Papão se encerrou em 30 de novembro.

Bergson é gaúcho e está no Paysandu desde o começo do ano, depois de uma passagem discreta pelo Náutico. Ele foi revelado no Grêmio e também defendeu Chapecoense e Portuguesa. Nessa temporada, marcou 28 gols em 47 jogos, 16 deles na Série B, o que lhe rendeu o título de artilheiro da competição.

Fonte: UOL