Não será nesta quinta-feira que o Botafogo voltará ao Ato Trabalhista, que parcela dívidas e evita penhoras de receitas. O clube desistiu de tentar acordo porque apresentará uma nova proposta.

– O Botafogo desistiu hoje do recurso dele. Fizemos isso porque o Botafogo montou uma força tarefa há uns dois meses para que o clube tenha condição de dar tranquilidade ao tribunal. O clube vai provar que tem condições de pagar um determinado valor, um valor superior ao que vinha propondo para pagar mensalmente no Ato Trabalhista. É isso o que vamos fazer – disse Alberto Macedo, vice-presidente jurídico, ao site “Lancenet!”.

O Botafogo quer outro Trabalhista, mais robusto e com garantias de pagamento.

Fonte: Lancenet!