JEFFERSON: 6,0
Uma boa defesa em cabeçada de Pablo, mas um susto ao soltar chute de Nikão

EMERSON SANTOS: 2,5
Mal com a bola no pé e no posicionamento, tentou o jogo todo. Expulso tolamente no fim

CARLI: 6,5
Mostrou firmeza para cortar praticamente todas. Nervoso demais nas reclamações com o juiz

IGOR RABELLO: 7,0
Melhor alvinegro em campo, foi ótimo nos desarmes e cortes

VICTOR LUIS: 6,5
Melhor defensivamente, foi importante ao evitar gol de Ederson. Está devendo do meio para a frente

RODRIGO LINDOSO: 6,0
Teve dificuldades para encontrar os passes. Cumpriu seu papel defensivo

BRUNO SILVA: 6,0
Fechou o lado direito, marcou e levou o time à frente. Mas errou muitos passes e mostrou displicência

MATHEUS FERNANDES: 5,5
Com excelente dinâmica, marca o campo todo e faz desarmes. Precisa melhorar com a bola no pé. Perdeu boa chance por chutar mal

JOÃO PAULO: 6,5
Mais avançado, participou menos do jogo. Correu o tempo todo, mostrou lucidez e fez cruzamentos perigosos

RODRIGO PIMPÃO: 6,0
Pareceu cansado, porém correu muito e deu opção pela esquerda. Armou uma boa jogada para Matheus Fernandes bater por cima

ROGER: 5,5
Não teve chance para finalizar e ficou isolado entre os zagueiros

GUILHERME: 6,5
Entrou cheio de gás e vontade de decidir. Deu força e velocidade ao ataque, porém perdeu a bola do jogo, chutando para fora

MARCELO: sem nota
Entrou no final

GILSON: sem nota
Idem

JAIR VENTURA: 6,0
Anulou o Atlético-PR e se manteve fiel ao seu estilo. Poderia ter feito alterações e soltado o time para vencer. Pareceu satisfeito com o empate

Fonte: Redação FogãoNET