GATITO: 10
Única nota possível! Seguro pelo chão e nas saídas de gol, firme nos chutes de longe e milagre no fim. Deu a vitória ao Botafogo

MARCINHO: 6,5
Teve trabalho na marcação, mas foi bem. Atacou pouco, mas criou uma boa chance, quase aproveitada por Erik

CARLI: 7,5
Botou Roger e Danilo no bolso, se impôs e afastou o perigo

IGOR RABELLO: 7,5
Firme na zaga, jogou sério e tirou quase todas

GILSON: 6,0
Fez jogo razoável, com entrega, marcação e escapadas, mas levou um calor de Pedrinho

JEAN: 6,5
Pitbull, foi importante enquanto aguentou jogar. Muita marcação. Excesso só de faltas

RODRIGO LINDOSO: 7,5
Mais livre no primeiro tempo, jogou boa parte aberto na direita, participou de lances ofensivos e fez o gol. No segundo tempo recuou, mas apareceu para cabecear uma bola na trave

RENATINHO: 5,5
Ainda sem ritmo, correu, teve boa movimentação e trabalhou a bola. Pode fazer mais

LEO VALENCIA: 6,5
Mérito em correr o tempo todo e não desistir das jogadas. Deu o cruzamento do gol. Errou a opção em alguns contra-ataques

ERIK: 6,5
Desafogo do time, mostrou velocidade e qualidade em alguns lances. Sumiu no segundo tempo

BRENNER: 6,5
Bem no papel de pivô e em segurar a bola. Tem se entregado e lutado bastante

MATHEUS FERNANDES: 6,0
Entrou e ajudou na marcação

RODRIGO PIMPÃO: 6,0
Deu boas escapadas em velocidade, mas errou na definição das jogadas, seja chute ou passe

AGUIRRE: 6,0
Entrou, correu e lutou

ZÉ RICARDO: 7,0
Surpreendeu ao colocar Renatinho e Leo Valencia, foi bem. Seu time foi superior e mereceu a vitória, que poderia ter sido conquistada com mais facilidade

Fonte: Redação FogãoNET