JEFFERSON: 4,0
Pareceu sem ritmo, lento e inseguro. Não passou confiança

MARCINHO: 2,5
Levou um baile pela direita na defesa e perdeu a maioria das disputas no ataque

MARCELO BENEVENUTO: 4,5
Teve dificuldades com posicionamento e em marcar Pedro. No segundo tempo, ajudou com sua velocidade a evitar goleada maior

IGOR RABELLO: 4,5
O General foi mais um perdido com o ataque adversário

MOISÉS: 5,0
Muito ímpeto para tentar jogar e carregar o time para a frente, mas deixou espaços

RODRIGO LINDOSO: 4,0
Não achou Sornoza, não foi eficiente na marcação nem iniciando jogadas

MARCELO: 3,5
Tão perdido quanto o companheiro, mas abusou de errar passes

MARCOS VINICIUS: 3,0
Embora perigoso em chutes, não participa do jogo defensivo, não marca, não dá combate e sobrecarrega a defesa

LEO VALENCIA: 4,5
Foi o mais perigoso no primeiro tempo, tentou muito, mas perdeu um gol fácil. No segundo, sumiu

LUIZ FERNANDO: 3,0
Pouco produziu na frente e não ajudou na marcação a Ayrton Lucas

BRENNER: 3,5
Perdeu um gol quando estava 0 a 0 e outro com 2 a 0 no placar

LUIS RICARDO: 4,0
Entrou menos pior que Marcinho, mas está fora de forma e ritmo

RENATINHO: 5,0
Ciscou, armou e tentou produzir, mas o time já era uma bagunça

RODRIGO PIMPÃO: 4,0
Entrou pela esquerda só para pegar bolas e cruzar para a área. Pouco efetivo

ALBERTO VALENTIM: 4,0
Não pode jogar com time tão aberto se não tem qualidade na frente para fazer os gols. Demorou a reagir no segundo tempo e não encontrou soluções. Injustificável Carli não jogar

Fonte: Redação FogãoNET