GATITO: 6,5
Sofreu três gols indefensáveis e evitou uma sonora goleada com boas defesas

BARRANDEGUY: 3,0
Conseguiu marcar e atacar pior que Fernando. Nulo em campo

MARCELO BENEVENUTO: 5,5
Foi o único da defesa do Botafogo. Ainda fez bons cortes

JOEL CARLI: 4,0
Lento, torto e mal posicionado, sofreu o jogo todo. Erros perigosos até na saída de bola

DANILO BARCELOS: 3,0
De bom uma falta cobrada no travessão. Péssimo no resto do jogo, deixou espaços generosos e viu muitas jogadas nascerem do seu lado

CÍCERO: 3,5
Muito abaixo do ritmo do jogo, não marcou, não protegeu a defesa nem jogou

CAIO ALEXANDRE: 4,5
Alguma lucidez com a bola no pé, mas mal na marcação e no combate. O meio ficou muito exposto

BRUNO NAZÁRIO: 5,0
Tem qualidade e tentou construir jogadas, mas esteve abaixo do seu próprio nível

WARLEY: 4,0
Imprimiu correria, mas está fora de ritmo e sem entrosamento. Não foi efetivo na ponta nem na lateral

LUIS HENRIQUE: 5,0
Foi opção ofensiva e deu velocidade pela esquerda. Errou bastante no passe e na definição da jogada

PEDRO RAUL: 5,0
Isolado no ataque, deu um chute perigoso. Só. Abaixo dos últimos jogos

IGOR CÁSSIO: 5,0
Novamente mal escalado na ponta, errou muito, mas ao menos entrou com vontade, tentou, correu e levou perigo em uma finalização.

THIAGUINHO: 5,5
Melhorou o combate e a dinâmica no meio-de-campo. Falta mais lucidez com a bola no pé

ALEX SANTANA: sem nota
Pouco fez

ALBERTO VALENTIM: 1,0
Jogo para esquecer. Errou tudo, começando pelas mudanças no time, que ficou mais frágil, terminando nas alterações que pouco adicionam

Fonte: Redação FogãoNET