GATITO FERNÁNDEZ – 5,0
Falhou ao ceder o escanteio que originou o gol do Colo-Colo, mas depois fez uma defesaça no segundo tempo. Ainda não mostra a segurança que o torcedor espera.

JONAS – 5,0
Mal pelo lado direito na hora de subir para o ataque, melhorou um pouco no segundo tempo. O jovem Marcinho está merecendo mais.

MARCELO – 9,0
Um monstro na defesa. Nem parece ter 21 anos. Ganhou todas as jogadas, atuação impecável.

EMERSON SILVA – 6,0
Foi infeliz no gol contra, mas ajudou muito no segundo tempo, neutralizando os ataques do Colo-Colo.

VICTOR LUIS – 8,5
Válvula de escape pelo lado esquerdo, fez uma partidaça. Sempre levou perigo quando subiu o ataque e deu tudo de si. Um guerreiro!

AIRTON – 6,0
Começou errando alguns passes que não costumava errar, esteve um pouco abaixo, mas depois voltou a fazer bons desarmes. Foi substituído no segundo tempo porque estava pendurado.

GUILHERME – 5,5
Entrou no lugar de Airton para ajudar a puxar os contra-ataques, mas não teve êxito na tarefa e ainda desperdiçou boas oportunidades depois do empate. Mas chutou a bola para o gol de Pimpão.

BRUNO SILVA – 7,5
Sempre voluntarioso, foi um guerreiro no meio-de-campo. É um jogador que cada vez mais ganha moral.

RODRIGO LINDOSO – 5,0
Esteve abaixo do que pode produzir, cometendo alguns erros. Poderia ter ajudado mais na criação das jogadas.

ROGER – 7,0
Entrou e num dos primeiros toques na bola iniciou a jogada do gol. Até demorou a entrar, por teimosia de Jair Ventura.

JOÃO PAULO – 5,0
Não ajudou na armação das jogadas, retardou os contra-ataques e sempre escolheu a opção errada na hora das tomadas de decisão.

DUDU CEARENSE – SEM NOTA
Entrou nos acréscimos no lugar de João Paulo para segurar o empate.

MONTILLO – 7,5
Fez um excelente primeiro tempo e ajudou até onde as pernas aguentaram. Com a sequência de jogos e melhor preparo físico, vai ajudar muito mais.

RODRIGO PIMPÃO – 8,5
Único atacante escalado, foi premiado pela entrega. Se não fez uma partida tecnicamente brilhante, lutou até o final e foi recompensado com o gol da classificação. Encarna o espírito como poucos!

JAIR VENTURA – 6,0
Sua estratégia (acertada) foi por água abaixo com o gol do Colo-Colo logo no começo do jogo, e demorou muito para mexer. Poderia ter colocado Roger antes.

Fonte: Redação FogãoNET