Autor de dois dos três gols marcados diante do Bangu nesta quarta-feira, Bill pode deixar o time por questões sérias na Justiça. A 4ª Vara Cível de Bragança Paulista, em São Paulo, decretou a prisão do jogador por falta de pagamento de pensão alimentícia à ex-mulher e aos dois filhos.

A notícia, dada pelo jornal Extra, do Rio de Janeiro, fez com que o Botafogo tirasse o atleta de um evento do qual faria parte na noite desta quinta-feira. O intuito do clube era preservar a imagem do camisa 9. Negando todas as acusações, Bill anunciou que pretende comparecer ao evento.

Mesmo diante da situação tensa, o jogador participou normalmente das atividades da equipe na tarde desta quinta-feira. A princípio Bill permanece nos planos do técnico René Simões para a partida contra o Friburguense na próxima quarta-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva