Começou…

Jóbson faltou a três treinos seguidos, na semana passada, alegando que tinha que fazer uma viagem para Brasília para ver o filho. Voltou na sexta e, dizendo-se com “uma dorzinha na coxa”, pediu pra não jogar, mas o técnico René Simões nem quis papo e escalou-o mesmo assim. Seu ambiente com os demais jogadores já começa a ser problemático. Já teve que ouvir de um deles que o Botafogo é, atualmente, um time de operários, onde não há espaço para atitudes irresponsáveis como as que marcaram a carreira do talentoso, mas problemático atacante.

Fonte: Blog do Renato Mauricio Prado - O Globo Online