Mal contada a história da contusão do paraguaio Gatito Fernandez, que não enfrentou o Flamengo pelo Estadual e o Olímpia pela Libertadores por conta de contratura na coxa direita _ versão sustentada pelo pai, Roberto Fernandez, em entrevista a uma emissora paraguaia na quarta-feira.

O GOLEIRO andou soltando algumas bolas no jogo contra o Colo Colo, no Chile, e, como se queixara de desconforto muscular, foi poupado do clássico carioca do último domingo.

Só que Helton Leite entrou e mostrou segurança.

E acabou mantido para o jogo contra o Olímpia, repetindo a eficiência na vitória alvinegra por 1 a 0.

NESTA QUINTA-FEIRA, quando a versão de que Gatito estava mesmo era barrado, a assessoria de imprensa do clube anunciou que um exame feito pela manhã detectara lesão na coxa.

E que por isso Gatito estava, desde já, fora do jogo de volta contra o Olímpia.

A mim não pega.

A menos que os médicos mostrem o laudo deste tal exame _ o que, por questões éticas, não acontecerá.

Ou contem outra…

Moral da história: Gatito, por ora, perdeu mesmo a vaga para Helton Leite…

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online