Enfim, a primeira vitória. Já sem chances de classificação para as semifinais da Taça Guanabara após um início horroroso de ano, o Botafogo finalmente teve uma boa atuação e goleou o Boavista por 3 a 0 neste domingo, em Bacaxá, no encerramento da primeira fase do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Com muitas mudanças (cinco no total), o Botafogo mostrou uma cara diferente e começou na frente logo no segundo minuto de jogo. Alex Santana fez a jogada pela esquerda e chutou, Rafael defendeu, Jonathan se jogou na bola e Rodrigo Pimpão rolou para Gustavo Ferrareis balançar as redes. Aos 12 minutos, o Botafogo quase fez o segundo, mas Alex Santana, impedido, fez com que o gol de Carli fosse anulado.

Se o Boavista conseguiu encaixar algumas boas jogadas na frente, o Botafogo seguiu sendo efetivo e encaixando interessantes ataques em velocidade. Aos 22 minutos, Carli descolou lindo lançamento, Kieza tocou de cabeça e Erik chutou de esquerda para fazer o segundo. E, aos 41, o jovem Jonathan mergulhou de peixinho após cruzamento de Rodrigo Pimpão e fez 3 a 0.

O segundo tempo foi apenas protocolar. O que mais chamou a atenção foi a pança de Carlos Alberto, ex-Botafogo, que entrou no segundo tempo só para criar tumulto e (tentar) intimidar o lateral-esquerdo Jonathan. No fim, uma vitória que não serviu muita coisa em termos de classificação, mas que serviu para diminuir a desconfiança da torcida e dar moral para a estreia na Copa Sul-Americana.

Próximos compromissos

Fora das semifinais da Taça Guanabara, o Botafogo volta agora suas atenções para a Copa Sul-Americana. Quarta-feira, o Glorioso recebe o Defensa y Justicia, da Argentina, às 21h30, no Estádio Nilton Santos. Depois, na semana seguinte, o Fogão estreia na Copa do Brasil, em Campina Grande (PB), diante do Campinense. A Taça Rio, o segundo turno do Estadual, começa só no dia 23.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0 X 3 BOTAFOGO

Estádio: Eucyr Resende de Mendonça
Data-Hora: 03/02/2019 – 17h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Renda e público: R$ 12.160,00 / 1.710 pagantes / 1.760 presentes
Cartões amarelos: Douglas Pedroso, Mosquito e Dija Baiano (BOA); Kieza, Rodrigo Pimpão, Jonathan e Jean (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Gustavo Ferrareis 2’/1ºT (0-1), Erik 22’/1ºT (0-2), Jonathan 41’/1ºT (0-3)

BOAVISTA: Rafael; Thiago Silva, Elivelton, Rafael Marques e Jean; Douglas Pedroso, Julio Cesar (Ralph 26’/2ºT), Arthur Rezende (Carlos Alberto 13’/2ºT) e Mosquito (Lucas 9’/2ºT); Renan Donizete e Dija Baiano – Técnico: Eduardo Àllax.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Rickson, Carli, Gabriel e Jonathan; Jean, Alex Santana (Alan Santos 19’/2ºT) e Gustavo Ferrareis (Luiz Fernando 16’/2ºT); Erik, Rodrigo Pimpão e Kieza (Leandro Carvalho 26’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Redação FogãoNET