O zagueiro e xerife da defesa do Botafogo, Bolivar, participou do programa Rolando a Bola, deste domingo (06/04), na Super Rádio Tupi, e abordou o grande desafio que vai ser enfrentar o San Lorenzo, da Argentina, em Buenos Aires, precisando vencer para se garantir nas oitavas de final da Libertadores. O alvinegro se enrolou no grupo 2 depois de ser derrotado pelo Union Española, por 1 a 0, em pleno Maracanã. O zagueiro afirma que o grupo está focado na importância da partida da próxima quarta-feira (09/04).
“Sabemos da importância do jogo, uma partida decisiva que garante nossa classificação para a próxima fase da Libertadores. Então sem duvida nenhuma a cabeça tem que estar tranquila, saber que o dever de casa foi feito durante a semana, que a gente cumpriu o que o Hungaro nos pediu. Agora é procurar colocar tudo isso em prática para que a gente consiga um grande resultado na Argentina.”
Bolívar afirma que chance de eliminação nem passa pela cabeça dos jogadores do Botafogo.
“Acho que isso nem passa pelas nossas cabeças, já que a gente deu total prioridade para a Libertadores e por tudo que a gente fez durante a competição, seria um pecado muito grande a gente não classificar. Eu acho que a gente está preparado para isso, a equipe está muito concentrada e sem duvida nenhuma a equipe vai para Buenos Aires buscar a classificação.”
Acredita que pela rivalidade é diferente enfrentar os argentinos
“A gente sabe que os confrontos contra equipes da Argentina tem um peso maior pela rivalidade e a gente também sabe da dificuldade que é enfrentar uma equipe que, fora de casa, que busca uma vaga na próxima fase. Se tratando de futebol a gente sabe a guerra que vai ser, mas o grupo vai preparado para isso. Não podemos cair em catimba, ser desleal, e acabar tendo jogador expulso” – Alerta o zagueiro Alvinegro.
Fonte: Site da Rádio Tupi