Terça-feira movimentada no Rio de Janeiro. Mais especificamente na sede do Botafogo. Isso porque o clube alvinegro se reunirá com dirigentes do Cruzeiro e Internacional para ouvir possíveis propostas pelo volante Bruno Silva, de 31 anos, um dos destaques do time na temporada que se encerrou.

O empresário do volante, Carlinhos Sabiá, confirmou as reuniões, mas afirmou que não está se envolvendo diretamente nesta primeira parte dos negócios, deixando na mão dos clubes. O agente também evitou falar em uma data específica para que o futuro de Bruno Silva seja definido.

“Não existe uma data específica. Vai haver reunião para tentar entrar em um acordo. O Internacional vai reunir com o Botafogo e o Cruzeiro também. Mas não tem uma data específica para que isso seja definido”, disse Carlinhos ao Superesportes.

Com contrato em vigência com o Botafogo até o fim do ano que vem, Bruno Silva diz estar alheio às conversas. O jogador de 31 anos foi premiado, na noite dessa segunda-feira, como um dos melhores meio-campistas do Campeonato Brasileiro.

“Deixo na mão dele (Carlinhos Sabiá), quero descansar, foi um ano desgastante. Tenho contrato até o fim do ano que vem, pretendo cumprir. Vou deixar na mão do meu empresário e do Botafogo”, explicou Bruno após a premiação da CBF, no Rio de Janeiro.

Histórico

Bruno Silva começou a carreira no Villa Nova. Ele atuou por times do interior de Minas antes de passar por Avaí, Bahia, Ponte Preta, Atlético-PR, Chapecoense e Botafogo. Um dos destaques do alvinegro em 2017, o volante jogou 60 partidas e marcou nove gols. De estilo aguerrido, é considerado um dos líderes do clube carioca e se destaca pela entrega em campo. Por causa da forte pegada, levou 18 cartões amarelos e dois vermelhos nesta temporada.

Se for contratado, Bruno Silva brigará por posição com Robinho no Cruzeiro. Apesar de também atuar como volante, o jogador prefere entrar em campo aberto pelo lado direito, dando apoio ao ataque e auxiliando o lateral na defesa. O Cruzeiro deu prioridade a contratação dele, já que Robinho tem sofrido com lesões nesta temporada e precisa de um concorrente à altura.

Assim que o interesse do Cruzeiro se tornou público, Bruno Silva foi vaiado pela torcida do Botafogo. Em 16 de novembro, depois da derrota para o Atlético-GO, por 2 a 1, em pleno Engenhão, o jogador fez sinal para as arquibancadas de que estava deixando o clube. No dia seguinte, Bruno convocou entrevista coletiva e pediu desculpas pela manifestação.

Fonte: Superesportes