Experientes e com alto salário, Joel Carli e Cícero têm chances de sair do Botafogo após a pandemia do novo coronavírus. O ex-presidente Carlos Augusto Montenegro admitiu em entrevista ao jornalista Jorge Nicola que o argentino não deve permanecer.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

– Carli estamos conversando, negociando, acho que vai sair. Nessa hora tem que esperar acabar (a pandemia). Tem clubes interessados, podemos ter que pagar parte do salário dele, do Brasil. Tinha o Rosario no começo do ano, agora sei que há clubes brasileiros – afirmou Montenegro ao Canal do Nicola.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Sobre Cícero, o dirigente explicou que o volante só permanece no Botafogo se aceitar reduzir o salário.

– Com relação ao Cícero, conversei com o Uram (Eduardo, empresário), ou vai diminuir bastante o salário ou não temos condições de pagar. Não gosto de falar do passado, mas foi um erro fazer com Diego Souza, Cícero e Carli contratos de até três anos, jogadores em faixa etária complicada. Tem contrato, se não tiver boa vontade do outro lado, pode terminar em litígio, o que não queremos. Mas tenho sido transparente que não temos condições de pagar o Cícero. Se rolar redução salarial importante, pode ficar. Combinamos conversar depois – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Jorge Nicola