Em dia de festa pelos 454 jogos de Jefferson, que se tornou o terceiro atleta do Botafogo com mais partidas na história, o Glorioso decepcionou e saiu sob vaias no Estádio Nilton Santos. Podendo chegar à primeira página do Campeonato Brasileiro e dar uma embalada, o Fogão apenas empatou em 0 a 0 com o lanterna Ceará na noite desta quarta-feira, e parou nos 13 pontos, após dez rodadas.

Continua Depois da Publicidade

Quem foi ao Estádio Nilton Santos não gostou nada do que viu. Diante de um adversário retrancado, que ainda não venceu e só fez quatro gols na Série A, o Botafogo até mostrou uma certa organização e superioridade, mas cometeu erros em demasia no terço final e não produziu muito. Carli, de cabeça, aos 11, passou perto. Depois, Leo Valencia chutou em curva, mas à direita, aos 32.

Com atuação muito fraca principalmente dos laterais Marcinho e Moisés, o Botafogo foi deixando até mesmo o Ceará chegar com perigo. Aos 38 minutos, Rafael Pereira chegou a balançar as novas redes do Niltão, mas o lance foi invalidado. No final, Aguirre soltou uma bomba, e o goleiro Everson fez boa defesa, na talvez melhor chance alvinegra.

Continua Depois da Publicidade

O panorama não mudou muito no segundo tempo. O Botafogo seguiu mal, apesar das mudanças do técnico Alberto Valentim. Aos 21 minutos, Kieza cabeceou com perigo, após cruzamento de Moisés. À medida que o relógio andava, a torcida ficava ainda mais impaciente e as vaias aumentavam. Tudo conspirando contra.

Para piorar, no final, um lance que assustou a todos. O zagueiro Yago, que tinha entrado no lugar de Carli, com dores nas costelas, se chocou violentamente com o goleiro Everson e caiu visivelmente tonto. Ele quis ficar em campo, mas os médicos o proibiram, e ele foi levado de ambulância para o posto médico. Com um a menos em campo, o Fogão seguiu pressionando, mas não conseguiu o gol.

Continua Depois da Publicidade

Nos acréscimos, o Ceará ainda teve a chance de sair com a vitória. Num rápido contra-ataque e com o Botafogo todo desarrumado, a bola veio da direita e Renatinho cortou, evitando que Arthur marcasse. O Fogão volta a campo no domingo para enfrentar o Bahia, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 CEARÁ

Estádio: Nilton Santos
Data/Hora: 06/06/2018 – 19h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Renda e público: R$ 172.220,00 / 7.744 pagantes / 8.825 presentes
Cartões amarelos: Luiz Otávio, Richardson e Romário (CEA)
Cartões vermelhos:
Gols:

Continua Depois da Publicidade

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Carli (Yago 22’/2ºT), Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Jean, João Pedro (Renatinho 17’/2ºT) e Leo Valencia; Aguirre (Luiz Fernando 26’/2ºT) e Kieza – Técnico: Alberto Valentim.

CEARÁ: Everson; Rafael Pereira (Douglas Coutinho 41’/2ºT), Valdo (Tiago Alves 3’/1ºT) e Luiz Otávio; Pio, Fabinho (Naldo 25’/2ºT), Richardson, Ricardinho e Romário; Felipe Azevedo e Arthur – Técnico: Lisca.

Continua Depois da Publicidade

Fonte: Redação FogãoNET
Continua Depois da Publicidade

Comentários