Em dia de festa pelos 454 jogos de Jefferson, que se tornou o terceiro atleta do Botafogo com mais partidas na história, o Glorioso decepcionou e saiu sob vaias no Estádio Nilton Santos. Podendo chegar à primeira página do Campeonato Brasileiro e dar uma embalada, o Fogão apenas empatou em 0 a 0 com o lanterna Ceará na noite desta quarta-feira, e parou nos 13 pontos, após dez rodadas.

Quem foi ao Estádio Nilton Santos não gostou nada do que viu. Diante de um adversário retrancado, que ainda não venceu e só fez quatro gols na Série A, o Botafogo até mostrou uma certa organização e superioridade, mas cometeu erros em demasia no terço final e não produziu muito. Carli, de cabeça, aos 11, passou perto. Depois, Leo Valencia chutou em curva, mas à direita, aos 32.

Com atuação muito fraca principalmente dos laterais Marcinho e Moisés, o Botafogo foi deixando até mesmo o Ceará chegar com perigo. Aos 38 minutos, Rafael Pereira chegou a balançar as novas redes do Niltão, mas o lance foi invalidado. No final, Aguirre soltou uma bomba, e o goleiro Everson fez boa defesa, na talvez melhor chance alvinegra.

O panorama não mudou muito no segundo tempo. O Botafogo seguiu mal, apesar das mudanças do técnico Alberto Valentim. Aos 21 minutos, Kieza cabeceou com perigo, após cruzamento de Moisés. À medida que o relógio andava, a torcida ficava ainda mais impaciente e as vaias aumentavam. Tudo conspirando contra.

Para piorar, no final, um lance que assustou a todos. O zagueiro Yago, que tinha entrado no lugar de Carli, com dores nas costelas, se chocou violentamente com o goleiro Everson e caiu visivelmente tonto. Ele quis ficar em campo, mas os médicos o proibiram, e ele foi levado de ambulância para o posto médico. Com um a menos em campo, o Fogão seguiu pressionando, mas não conseguiu o gol.

Nos acréscimos, o Ceará ainda teve a chance de sair com a vitória. Num rápido contra-ataque e com o Botafogo todo desarrumado, a bola veio da direita e Renatinho cortou, evitando que Arthur marcasse. O Fogão volta a campo no domingo para enfrentar o Bahia, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 CEARÁ

Estádio: Nilton Santos
Data/Hora: 06/06/2018 – 19h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Renda e público: R$ 172.220,00 / 7.744 pagantes / 8.825 presentes
Cartões amarelos: Luiz Otávio, Richardson e Romário (CEA)
Cartões vermelhos:
Gols:

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Carli (Yago 22’/2ºT), Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Jean, João Pedro (Renatinho 17’/2ºT) e Leo Valencia; Aguirre (Luiz Fernando 26’/2ºT) e Kieza – Técnico: Alberto Valentim.

CEARÁ: Everson; Rafael Pereira (Douglas Coutinho 41’/2ºT), Valdo (Tiago Alves 3’/1ºT) e Luiz Otávio; Pio, Fabinho (Naldo 25’/2ºT), Richardson, Ricardinho e Romário; Felipe Azevedo e Arthur – Técnico: Lisca.

Fonte: Redação FogãoNET