Botafogo conta com renda em Brasília para quitar folha

Compartilhe:

O Botafogo já tem um trunfo para pôr os salários dos jogadores em dia: a torcida. O jogo deste sábado, contra o Goiás, às 18h30, no Mané Garrincha, pode gerar a maior renda em bilheterias do ano para o clube. Fala-se em R$ 6 milhões de arrecadação, o que seria mais do que suficiente para quitar a folha salarial do clube, que gira em torno de R$ 4,5 milhões por mês. De acordo com o diretor-executivo do Glorioso, Sérgio Landau, a expectativa é de que o Botafogo consiga recuperar parte do que perdeu sem o Engenhão, fechado desde o dia 26 de março.

– Uma das receitas que o clube conta no início da temporada são as renda dos jogos. Ficamos frustrados com o fechamento do Engenhão. Só para se ter uma ideia, era para termos um público de 40 mil pessoas na final da Taça Rio, caso o jogo fosse realizado no Engenhão, mas não foi o que ocorreu. A renda esperada para aquele jogo era de, pelo menos, R$ 1 milhão. Com estes jogos em Brasília, esperamos recuperar o que perdemos – disse o dirigente, lembrando que o Botafogo também vai mandar outros dois jogos no Mané Garrincha: os clássicos contra Flamengo e Vasco, nos dias 13 e 20 de outubro, respectivamente.

Arquirrival do Botafogo, o Flamengo pode servir como exemplo para calcular o tamanho da bolada que o clube de General Severiano está prestes a colocar nas mãos. Em três jogos como mandante no Mané Garrincha, o Rubro-Negro teve uma arrecadação de R$ 5.386.885. Isso sem falar na partida contra o Santos, que teve renda de R$ 6.948.710, e no clássico contra o Vasco, que arrecadou R$ 4.071.170. Porém, nestes dois últimos jogos citados, o Flamengo não ficou com a renda.

A partida do Botafogo com maior público neste ano foi justamente o empate com o Flamengo, por 1 a 1. O jogo, que teve mando do Rubro-Negro, arrecadou R$ 3.082.555, com um público pagante de 38.853 pessoas. O Alvinegro deve um mês de salários e direito de imagem ao elenco, sem contar com a premiação pela conquista do Campeonato Carioca.

Fonte: Lancenet!

Comentários