Botafogo critica Internacional por não liberar Cesinha: ‘Por que atrapalhar os outros?’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Cesinha - Internacional
Globoesporte.com

Após parceria de sucesso com o atacante Luis Henrique, o Botafogo pode contar com mais um jogador do Três Passos Atlético Clube-RS (TAC), desta vez, para o time sub-20.

O meia Cesinha, camisa 10 e capitão do Internacional na campanha do título da Copa São Paulo de Futebol de Juniores de 2020, não vem sendo aproveitado no time gaúcho e deve deixar o clube. Com contrato até o fim do ano com o Inter, o atleta tem interesse em atuar no Alvinegro. A informação foi confirmada pela reportagem do ESPN.com.br em contato com Manoel Renha, membro do Comitê Gestor de Futebol do Glorioso.

“Em 2017, tínhamos gostado dele, mas estava comprometido com o Inter. Como não está sendo aproveitado, o empresário perguntou se a gente tinha interesse. A gente tem um relacionamento há anos com o TAC (Três Passos), com quatro ou cinco jogadores da base que vieram de lá. Temos interesse, mas o jogador precisa estar livre”, afirmou o dirigente, em conversa com o ESPN.com.br.

Máscaras de proteção contra o coronavírus da coleção FogãoNET da Estilo Piti

Cesinha foi um dos destaques do Internacional na campanha da Copa São Paulo de Futebol de Juniores deste ano, mas não ganhou oportunidades com Eduardo Coudet no elenco profissional. Mesmo assim, o Inter não aparenta estar disposto a liberar a joia do contrato de empréstimo, atitude reprovada pelo dirigente do Botafogo.

“Não faz menor sentido não liberar o jogador. Só prejudica o garoto. Essa novela não anda. Quando terminar o contrato, a janela de inscrição no Brasileiro já vai ter fechado. O empresário achava que ia liberar, mas o Inter firmou o pé. A gente não tem essa postura. Se não usamos, liberamos. Por que atrapalhar a vida dos outros? Mas cada um tem sua razão, não vou ficar julgando”, disse Manoel Renha.

Mesmo com a dificuldade na liberação, a expectativa no Botafogo é positiva para a vinda de Cesinha e o futuro do jogador no clube. A parceria com o TAC já gerou cerca de 4 milhões de euros (R$ 26 milhões de reais aproximadamente, na cotação atual) ao Glorioso na venda de Luis Henrique para o Olympique de Marseille.

Após o atacante, o zagueiro Wesley é outro fruto da base do clube gaúcho que está emprestado e vem sendo aproveitado no Alvinegro. Nesta quarta-feira (14), o jogador foi relacionado para enfrentar o Grêmio, pelo Brasileirão.

Grêmio 3 x 1 Botafogo: veja como foi a live pós-jogo do FogãoNET e inscreva-se no nosso canal no YouTube:

Canal do FogãoNET no YouTube - Notícias e vídeos sobre o Botafogo

Fonte: ESPN Brasil

Notícias relacionadas