A briga de torcidas que resultou no assassinato de um torcedor do Botafogo ontem, terá consequências para o Flamengo: o clube de maior torcida do Brasil não jogará mais no Engenhão.

O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, vai proibir o Flamengo de jogar no estádio. Nem contra o Botafogo, nem contra ninguém.

A decisão está tomada, segundo Pereira revelou a alguns interlocutores nesta manhã. E será formalizada numa reunião de diretoria que será realizada hoje.

A CBF e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, ainda de acordo com o presidente do Botafogo, serão avisadas amanhã da decisão.

Fonte: Blog do Lauro Jardim - O Globo Online