Como parte do plano de contingência para diminuir os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, o Botafogo demitiu até o fim da manhã desta segunda-feira 45 funcionários, informa o repórter Renan Moura, da Rádio Globo. Os funcionários estão sendo comunicados durante o dia.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

A direção alvinegra avalia também caso a caso a necessidade de fazer uso da MP-936, que permite o corte salarial dos colaboradores, como alguns clubes já vem fazendo.

Em grave situação financeira, o Botafogo só pagou integralmente a folha de janeiro em 2020 – deve 80% de fevereiro e todos os meses seguintes, além das férias antecipadas de abril. O clube segue correndo atrás de recursos para sanar as dívidas.

Fonte: Twitter do repórter Renan Moura, da Rádio Globo