O Botafogo deve atuar com três atacantes no duelo diante do Barcelona-EQU, nesta terça-feira, no Nilton Santos, pela Libertadores. Sem contar com Bruno Silva, o técnico Jair Ventura deve entrar com Guilherme aberto pela direita, com Pimpão caindo pelo lado esquerdo e Sassá centralizado como o camisa 9. A formação foi treinada pelo comandante nos últimos treinos do Glorioso.

Na coletiva desta segunda-feira, depois do treino aberto para a torcida, o comandante alvinegro admitiu a possibilidade e destacou o momento vivido por Guilherme – que marcou duas vezes contra o Sport – para justificar as alterações em relação ao esquema tática habitual com uma trinca no meio.

– Podemos misturar, é lógico. Não é uma matemática exata, e de repente da até um pouco mais, com um trio. Acho que você tem que jogar com o que tem de melhor no momento. O Sassá e o Guilherme vinham entrando muito bem. Porque não dar uma oportunidade de iniciar a partida? Um deles foi decisivo contra o Sport, com dois gols. Pediu passagem e a briga é boa. Quem entra e vai bem, merece uma chance. Isso é bom porque, quem está treinando vê – disse o comandante alvinegra na coletiva pré-jogo desta última segunda-feira.

O Botafogo deve entrar em campo com Gatito Fernández, Emerson, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Airton, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão, Guilherme e Sassá. Assim sendo, Roger deve seguir como uma opção do time para o segundo tempo do duelo que pode valer vaga nas oitavas de final.

Fonte: Terra