De volta à Libertadores após 18 anos sem disputar a competição, o Botafogo vive a expectativa de se classificar para as oitavas de final do torneio. E o Alvinegro depende apenas de suas forças  para tal feito. Para isso basta derrotar o San Lorenzo nesta quarta-feira, às 22h, na Argentina.

Desde o momento que conquistou a vaga na Libertadores, o Botafogo priorizou a competição como principal objetivo da temporada. E agora o clube está diante de um dos jogos mais decisivos, pelo menos até aqui, para que o planejamento siga sem nenhum arranhão.

Muitas coisas mudaram no Glorioso desde o início do ano. Entre elas a saída de Seedorf, Rafael Marques e do técnico Oswaldo de Oliveira. Ciente da importância do jogo, o treinador Eduardo Hungaro da importância do duelo.

“Já tivemos o jogo do ano, que era o contra o Deportivo Quito. Agora é de novo. Isso mostra o trabalho que foi feito no ano passado. É o resultado do que esse grupo, comissão técnica e diretoria fizeram. O ano vale a pena quando se vive várias vezes os jogos do ano”, analisou Hungaro.

Fora da última partida após cumprir suspensão automática, o Botafogo terá o reforço de um de seus principais jogadores, o atacante Tanque Ferreyra. Quem também disputará o jogo é o volante Mario Bolatti, que se recuperou de dores no joelho esquerdo.
SAN LORENZO-ARG X BOTAFOGO

Data/hora: 09/04/2014, às 22h (horário de Brasília)
Local: Estádio Pedro Bidegain, em Buenos Aires (ARG)
Transmissão: TV Globo e Fox Sports
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Carlos López e Luis Murillo (VEN)

SAN LORENZO-ARG
Torrico, Buffarini, Valdés, Gentiletti; Emmanuel Más, Juan Mercier, Ortigoza, Villalba, Ignacio Piatti; Ángel Correa e Mauro
Técnico: Edgardo Bauza

BOTAFOGO
Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Airton, Gabriel, Jorge Wagner, Lodeiro e Wallyson; Tanque Ferreyra
Técnico: Eduardo Hungaro

Fonte: UOL