A contratação de Diego Forlán seria um grande passo para o Botafogo antes de começar a disputa da Libertadores. Não à toa, a diretoria tem se reunido constantemente para conseguir uma maneira de levá-lo para General Severiano sem ter de abrir mão de outros jogadores, deixando assim o elenco cada vez mais forte. 

Apesar das negativas dadas para a imprensa, o Internacional já sabe do desejo de Forlán de deixar o Beira-Rio e se transferir para outra equipe. Devido às dificuldades para arcar com os mais de R$ 700 mil mensais acordados com o atacante na época da contratação, a diretoria do Colorado está propensa a fazer um acordo com ele e o empresário Daniel Bolotnicoff, liberando-o para esta temporada.

– O que posso dizer sobre o Forlán é que ele tem um salário parrudo. É um jogadoraço, nível internacional. E a torcida do Botafogo adora jogador uruguaio, né? – afirmou o presidente do Botafogo em coletiva concedida na sede da Confederação Brasileira de Vôlei, em Saquarema, no último domingo.

Segundo o LANCE!Net apurou, a chegada de Forlán não é condicionada à possível saída de Seedorf para treinar o Milan. Apesar de ambos receberem altos salários, a diretoria entende que seria possível mantê-los juntos para a disputa da Libertadores. Entretanto, a ideia é a de ter pelo menos um ídolo no elenco, seja agora ou em junho, quando acabará o contrato do holandês com o Alvinegro.

A diretoria do Botafogo não irá entrar nas conversas entre Forlán e Internacional e espera o desfecho da negociação. Isso porque ambas as diretorias têm bom relacionamento e a cúpula alvinegra não pretende acabar com isto.

Fonte: Lancenet!