O Botafogo perdeu Rodrigo Pimpão e Bill, atacantes considerados importantes no elenco que busca o acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. E por isso está atrás de reforços. Um deles pode ser Maranhão, meia-atacante do Fortaleza, da Série C.

O jogador é velocista. Cai pelas beiradas do campo e tornou-se peça importante no esquema do técnico Marcelo Chamusca no time cearense. E não é caro, o que mantém os botafoguenses otimistas por uma eventual transferência. Maranhão mesmo despistou sobre o interesse e disse que seu empresário é quem está a frente da negociação.

“Teve interesse de outros clubes, mas deixo para o meu empresário resolver. Minha cabeça está aqui no Fortaleza. Meu objetivo é subir. Estou muito feliz e quero ficar aqui”, disse o jogador em entrevista coletiva.

Ele fez 28 partidas pelo Fortaleza na temporada. São seis gols. O último deles na vitória sobre o Botafogo-PB, na semana passada. O atacante mostrou categoria para mandar para as redes de calcanhar. Um golaço que ajudou o Leão a vencer os paraibanos por 3 a 0, na Arena Castelão.

Maranhão tem 23 anos e foi revelado pelo Cruzeiro. Depois do time mineiro foi defender o Hacken, da Suécia. Voltou ao Brasil para jogar por Nacional-MG, Villa Nova-MG, Guarany de Sobral e Ceará, seu último clube antes de desembarcar no Pici para defender o arquirrival Fortaleza.

O Botafogo é o líder da Série B, com 27 pontos. Um a mais que o Vitória, com 26.

Fonte: Futebol Interior