A vida de Jobson no time titular está com tempo esgotando. Após ter atuação ruim e reclamar ao ser substituído, o atacante deverá ficar no banco de reservas na partida desta quarta-feira, contra o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil. Rodrigo Pimpão deverá ser escolhido como o parceiro de Bill no ataque do Alvinegro.

Pelo menos foi isso o que esboçou o técnico René Simões no treinamento desta segunda-feira, no campo anexo do Engenhão. O treinador realizou uma atividade técnica com seis jogadores para cada lado e Jobson ficou no time sem colete, considerado reserva. No outro lado, Bill, Rodrigo Pimpão, Diego Jardel, Elvis e Tomas.

Além da queda técnica apresentada nos últimos jogos, a provável barração de Jobson se dá também pela derrapada no comportamento, até então exemplar nesta temporada. René não gostou e respondeu na coletiva após derrota para o Fluminense.

“Se ele ficou insatisfeito, eu também fiquei. Estramos empatados. Sou o treinador e tiro quem eu quiser a hora que eu quiser. Se está insatisfeito, que vá para casa e cure isso jogando melhor no próximo jogo. Não gostei do desempenho e o tirei”, explicou o treinador na oportunidade.

A provável escalação para a partida esta quarta-feira deve ser: Renan; Gilberto, Renan Fonseca, Alisson e Thiago Carleto; Diego Giaretta (Marcelo Mattos), Willian Arão, Tomas e Elvis (Diego Jardel); Rodrigo Pimpão (Jobson) e Bill.

Após empate por 2 a 2, as equipes voltam a campo no dia 16 de abril, quando definirão quem avançará para a segunda rodada da Copa do Brasil. Empates por 0 a 0 e 1 a 1 favorecem o Botafogo. A repetição do placar levará às penalidades. Daí em diante qualquer resultado igual favorece os paraibanos.

Fonte: UOL