Com uma atuação abaixo do aceitável, o Botafogo teve uma noite para irritar sua torcida. Discplicente, o Glorioso perdeu para o Fluminense por 2 a 1, de virada, na noite deste sábado, no Estádio Nilton Santos, pela 32ª rodada, e parou nos 48 pontos. Com o resultado, pode cair para a sétima colocação, caso o Flamengo vença o Grêmio, neste domingo, em Porto Alegre.

O Botafogo começou com tudo. Logo no primeiro lance do jogo, Bruno Silva obrigou Diego Cavalieri a trabalhar. E, com 55 segundos, o Glorioso abriu o placar. O Fluminense saiu jogando errado, Rodrigo Pimpão roubou a bola de Renato Chaves e rolou da esquerda para Marcos Vinicius só completar dentro da pequena área: 1 a 0.

O jogo ficou ainda mais à feição do Botafogo, que esperava bem-postado em campo o Fluminense tocar a bola para sair em velocidade. Aos 17 minutos, Brenner rolou de letra e Matheus Fernandes quase fez o segundo, com a bola tirando tinta da trave.

Depois dos 30 minutos mais ou menos, porém, o Glorioso apresentou muitos erros bobos de passe, numa mistura de excesso de preciosismo com displicência, e deixou o Fluminense gostar mais do jogo. Apesar de atacar mais, a defesa do Botafogo portou-se bem lá atrás e não deixou Gatito Fernández sofrer maiores sustos.

Victor Luis e Henrique Dourado - Botafogo x Fluminense - Campeonato Brasileiro (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)

Victor Luis divide no alto com Henrique Dourado (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)

A apatia alvinegra continuou no segundo tempo. Com menos de um minuto, Gustavo Scarpa assustou com um chute de muito longe no travessão. O Fluminense seguiu melhor no jogo e conseguiu o empate aos 16 minutos. Após bola roubada na intermediária, Henrique dourado serviu Marcos Jr., que chutou rasteiro, acertando o canto esquerdo de Gatito: 1 a 1.

Buscando a vitória, Jair fez as três mudanças que sempre faz, colocando Gilson, Vinicius Tanque e Guilherme, sem efeito. Após fazer uma força muito grande para ceder o empate em casa contra uma equipe que apenas briga para não ser rebaixada, o Botafogo sofreu o merecido castigo. Aos 42, Gustavo Scarpa puxou o contra-ataque e Matheus Alessandro chutou por baixo de Gatito: vitória do Fluminense por 2 a 1.

Próximos jogos

O Botafogo agora vai encarar uma viagem até Recife para enfrentar o Sport, quarta-feira, às 21h (horário de Brasília), na Ilha do Retiro. Depois, volta a atuar no Estádio Nilton Santos, sábado que vem, dia 11, às 17h, contra o Atlético-PR. Faltam seis rodadas para o encerramento do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 2 FLUMINENSE

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 4/11/2017 – 19h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda e público: R$ 284.150,00 / 9.816 pagantes / 11.776 presentes
Cartões amarelos: Arnaldo, Gilson e Victor Luis (BOT); Sornoza, Marcos Jr., Gustavo Scarpa e Wendel (FLU)
Cartões vermelhos:
Gols: Marcos Vinicius 1’/1ºT (1-0), Marcos Jr. 16’/2ºT (1-1) e Matheus Alessandro 42’/2ºT (1-2)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Marcos Vinicius (Gilson 13’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Guilherme 21’/2ºT) e Brenner (Vinicius Tanque 28’/2ºT) – Técnico: Jair Ventura.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mateus Norton, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Richard (Matheus Alessandro 35’/2ºT), Douglas, Sornoza (Wendel 24’/2ºT) e Gustavo Scarpa; Marcos Jr. (Wellington Silva 28’/2ºT) e Henrique Dourado – Técnico: Abel Braga.

Fonte: Redação FogãoNET