Quando não dá na técnica, vai no peso da camisa. Apesar de ter sido dominado na maior parte do jogo, o Botafogo fez valer sua maior tradição no futebol e derrotou o Fluminense por 2 a 1 na noite desta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos. A vitória fez o Glorioso dar um salto na tabela do Campeonato Brasileiro: agora é o sexto, com oito pontos, dois apenas atrás dos líderes.

Com uma formação mais ofensiva, o Botafogo teve extrema dificuldade no primeiro tempo. O Fluminense marcou na linha alta, pressionando a saída de bola e não deixando o Glorioso jogar. Assim, os tricolores tiveram o amplo domínio na etapa inicial. Jefferson começou trabalhando com uma grande defesa ao 14 minutos, em chute de Sornoza.

O Botafogo só chegou pela primeira vez aos 24 minutos, em chute de Rodrigo Lindoso. Mesmo mal em campo, o Glorioso conseguiu sair na frente aos 26 minutos: Marcinho cruzou da direita e o próprio Rodrigo Lindoso desviou de cabeça no primeiro pau. Mas o Fluminense empatou pouco depois. A jogada saiu pela esquerda, Marcos Jr. lançou e Pedro tocou de peito: 1 a 1.

Alberto Valentim voltou com Gustavo Bochecha no lugar de Renatinho, reforçando o meio-de-campo, mas o panorama do jogo não mudou muito no segundo tempo. O Fluminense seguiu tocando a bola com liberdade e tendo o domínio territorial. Mas a camisa pesa. Mesmo jogando mal, o Fogão voltou a ficar na frente: Marcinho cobrou escanteio e Kieza recolocou o Glorioso em vantagem, aos 18.

O segundo gol alvinegro deu uma esfriada no ímpeto tricolor. Brenner quase fez o terceiro aos 27 minutos, em chute desviado que Julio Cesar espalmou por cima. Só no final a pressão do Fluminense voltou, já que o técnico Abel Braga foi para o tudo ou nada. Sozinho, Marcos Jr. desperdiçou a melhor chance aos 37, isolando por cima. Aos 42, Jefferson fez linda defesa, em chute de Sornoza. E o Botafogo pôde comemorar mais três pontos.

O próximo jogo do Botafogo será domingo que vem, contra o América-MG, em Belo Horizonte, na Arena Independênca.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio Nilton Santos
Data/Hora: 14/05/2018 – 20h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Renda e público: R$ 250.140,00 / 8.931 pagantes / 10.382 presentes
Cartões amarelos: Renatinho e Carli (BOT); Richard e Luan Peres (FLU)
Cartões vermelhos:
Gols: Rodrigo Lindoso 26’/1ºT (1-0), Pedro 33’/1ºT (1-1) e Kieza 18’/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso (Jean 39’/2ºT), Matheus Fernandes e Renatinho (Gustavo Bochecha – Intervalo); Luiz Fernando, Kieza e Brenner (Aguirre 32’/2ºT) – Técnico: Alberto Valentim.

FLUMINENSE: Julio Cesar; Renato Chaves (Pablo Dyego 30’/2ºT), Gum e Luan Peres; Gilberto, Richard (Robinho 26’/2ºT), Jadson, Sornoza e Ayrton Lucas (Marlon 40’/1ºT); Marcos Jr. e Pedro – Técnico: Abel Braga.

Fonte: Redação FogãoNET