Vivendo tempos de austeridade financeira, o Palmeiras foi o único time entre os grandes do Brasil que economizou com futebol no ano passado. Segundo estudo do especialista em marketing e gestão Amir Somoggi, o time alviverde teve redução de 4% nos investimentos no departamento de futebol entre 2012 e 2013.

De acordo com o estudo, o clube do Palestra Itália gastou R$ 139,7 milhões com futebol em 2012, ano em que tinha um treinador caro (Luiz Felipe Scolari) e jogadores com altos salários (como Barcos). Já em 2013, foi montada uma equipe mais modesta para a disputa da Série B, apesar do time também estar na Libertadores, e o gasto foi menor: R$ 133,8 milhões.

Muito diferente do Palmeiras, o Botafogo foi quem mais aumentou seu investimento no departamento de futebol. Em 2012, a equipe carioca gastou R$ 98,3 milhões, subindo este valor para R$ 167,7 milhões no ano seguinte. O aumento, portanto, foi de 71%.

Francisco De Laurentiis/ESPN.com.br

Brunoro durante coletiva no Palmeiras
Palmeiras, de Brunoro, cortou em 4% os gastos com futebol

Outros times que também aumentaram muito seus gastos com futebol entre 2012 e 2013 foram Cruzeiro (59%) e São Paulo (31%), enquanto os que menos subiram seus investimentos foram Corinthians (6%) e Fluminense (7%).

O Flamengo foi o único time que não teve o valor investido em 2012 divulgado no estudo, mas, analisando o investimento de 2011 (R$ 108,6 milhões) e 2013 (R$ 180,0 milhões), o clube da Gávea foi outro que passou a gastar mais: 66%.

Em números absolutos, no entanto, quem mais usou dinheiro com futebol em 2013 foi o Corinthians (R$ 248,2 milhões), seguido por São Paulo (R$ 248,1 milhões) e Internacional (R$ 211,3 milhões).

Quem menos gastou, por sua vez, foram Fluminense (R$ 82,0 milhões – vale lembrar que a maior parte dos investimentos é feita pela patrocinadora Unimed), Vasco (R$ 104,7 milhões) e Palmeiras (R$ 133,8 milhões).

Veja quem mais aumentou seu gasto com futebol entre 2012 e 2013:

Botafogo: 71%
Flamengo: 66%*
Cruzeiro: 59%
São Paulo: 31%
Santos: 24%
Grêmio: 20%
Atlético-MG: 16%
Vasco: 11%
Internacional: 10%
Fluminense: 7%
Corinthians: 6%
Palmeiras: -4%

*entre 2011 e 2013

Fonte: ESPN.com.br