Nesta quarta-feira, o Flamengo visitará o Figueirense, no Orlando Scarpelli, pela ida da fase nacional da Copa Sul-Americana, e o Vasco encarará o Santos, na Vila Belmiro, na abertura dos dois duelos pelas oitavas da Copa do Brasil, nos primeiros compromissos dos grandes do Rio após os Jogos Olímpicos. Pode ter passado despercebido, mas nenhum pode reclamar do período, em que juntos, perderam apenas uma vez em nove partidas.

Os três representantes da Série A ficaram perto da perfeição em aproveitamento conjunto de pontos no período da realização do evento, beirando os 80%. Vale lembrar que, antes do início da Olimpíada, o Rubro-Negro tinha melhores números com 57% dos pontos conquistados. O Flu vinha atrás com 47% e o time da Estrela Solitária vinha com 31%.

No desempenho individual, o ouro foi o Botafogo, que foi perfeito nas últimas semanas, batendo o São Paulo, em pleno Morumbi, por 1 a 0, e o Sport, em Juiz de Fora, por 3 a 0. Com isso, o clube saltou de 15º para 13º, três pontos acima da zona de rebaixamento. O duelo com o Grêmio, que abriria a “sequência olímpica”, acabou adiado porque a Polícia Militar proibiu partidas na cidade durante os Jogos.

O Fluminense, por sua vez, cometeu apenas uma pequena penalidade, empatando com o Inter, no Beira-Rio, em 2 a 2. Além disso, o Tricolor superou América e Santa Cruz, o que permitiu ir de nono para oitavo, recortando a distância do G-4 de oito para seis pontos, isso tudo, com uma partida a menos, contra o Figueirense, pela 18ª rodada, que também acabou adiado por causa da Olimpíada.

Embora o Flamengo tenha sido o único derrotado no período, para o Sport, por 1 a 0, no Recife, as vitórias sobre Atlético Paranaense por 1 a 0, em Cariacica, e Grêmio por 2 a 1, em Brasília, recolocaram a equipe na zona de classificação para a Taça Libertadores, na quarta posição, três pontos atrás do líder Palmeiras. Contra o Tricolor gaúcho, o time da Gávea ainda contou com estreia iluminada de Diego, grande reforço para a sequência da temporada.

A Série B, por sua vez, esteve perto de tirar nota 10 em bom-senso, ficando paralisada quase até o fim da Olimpíada. A derrapada veio ao se marcar a 20ª rodada nos últimos dias do encerramento do evento. Assim, coube ao Vasco, único que ganhou folga prolongada, encarar o lanterna Sampaio Corrêa praticamente no mesmo horário da final do futebol masculino dos Jogos, em que Neymar e cia. conquistaram ouro inédito para o Brasil. A equipe da Colina ficou no empate em 1 a 1, mas manteve a ponta isolada da competição.

Confira os resultados dos cariocas durante os Jogos Olímpicos:

Flamengo
1 x 0 Atlético Paranaense (c)
0 x 1 Sport (f)
2 x 1 Grêmio (c)

Fluminense
2 x 2 Inter (f)
1 x 0 América-MG (c)
1 x 0 Santa Cruz (f)

Botafogo
– x – Grêmio (c) – adiado
1 x 0 São Paulo (f)
3 x 0 Sport (c)

Vasco
1 x 1 Sampaio Corrêa (c)

Fonte: ESPN.com.br