O técnico Felipe Conceição não resistiu à derrota do Botafogo para o Flamengo, no clássico válido pela semifinal da Taça Guanabara do Campeonato Estadual do Rio. O Alvinegro foi derrotado por 3 a 1, na tarde deste sábado de carnaval, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

O diretor de futebol, Anderson Barros, fez o anúncio oficial logo após a partida. O treinador não concedeu a sua habitual coletiva justamente porque foi destituído do cargo.

– A única decisão que nós temos é que o Felipe não é mais técnico da equipe principal. Não estamos pensando em nenhum nome nesse momento, não vou especular ninguém. A gente vai trabalhar para suprir essa necessidade, que é importante para o Botafogo nesse momento – disse o dirigente.

Segundo Barros, o clube trabalha para anunciar o novo treinador até a próxima semana. A diretoria ofereceu para Tigrão, apelido do treinador, para ele permanecer como auxiliar técnico na comissão permanente.

– Nós temos um perfil de profissional e ao longo da próxima semana nós iremos anunciar. Botafogo está seguindo o planejamento, já foram feitas quatro contratações, esperamos que eles dêem o retorno que esperamos – afirmou o dirigente.

Barros ainda comentou que a negociação do atacante Aguirre talvez não se concretize.

– A tendência é que a contratação do atacante Aguirre não aconteça, estamos pessimistas com relação a essa negociação – afirmou.

Passagem de Tigrão

O treinador deixa o time após sete partidas, com duas vitórias, três empates e duas derrotas, contando a eliminação na Copa do Brasil após o Alvinegro perder por 2 a 1, de virada, para Aparecidense-GO.

Felipe Conceição, de 38 anos, foi anunciado pelo Botafogo em dezembro do ano passado para substituir Jair Ventura, que assumiu o Santos. Ele foi jogador do Alvinegro nos anos 2000.

O Botafogo só volta a campo dia 22, contra o Nova Iguaçu, já pela estreia da Taça Rio.

Fonte: Extra Online