A torcida do Botafogo retorna ao Estádio Olímpico João Havelange – ou melhor, ao Estádio Nilton Santos – neste sábado. É esta a campanha do presidente alvinegro Carlos Eduardo Pereira, reforçada durante entrevista nesta sexta-feira. Antes de voltar a receber os torcedores na arena, o cartola fez questão de reforçar homenagem ao histórico lateral esquerdo do Botafogo.

A torcida já se empolgou com a ideia. O “Niltão” já é usado pelos botafoguenses com regularidade para se referir ao Engenhão – outro apelido do estádio. O orgulho em homenagear Nilton Santos, que defendeu apenas o Alvinegro e a seleção brasileira em sua carreira, é grande.

“Isso traz uma grande motivação. Vamos reencontrar o nome de Nilton Santos. Um dos maiores atletas do futebol mundial. O Botafogo adota o nome independentemente de toda a formalidade, da aprovação de Câmara ou de outros meios. Um nome tão especial não precisa de autorização formal”, apontou o presidente do Botafogo.

O Botafogo fez um pedido à Prefeitura do Rio de Janeiro em janeiro, mas Eduardo Paes não quis criar problemas com César Maia, responsável pela obra e que nomeou o estádio com o nome do ex-presidente da Fifa. Rejeitou o pedido. O Alvinegro, então, decidiu ignorar a decisão e, extraoficialmente, mudou o nome do estádio.

Para marcar a volta dos torcedores ao estádio, o Botafogo promete uma série de homenagens a Nilton Santos. Uma nova logomarca para o estádio, com as cores do clube e com o nome do ex-jogador, foi divulgada.

O Botafogo enfrenta o Bonsucesso a partir das 17h deste sábado, pela terceira rodada do Campeonato Carioca. O estádio, que reabre à torcida após quase dois anos interditado por conta de problemas em sua cobertura, não terá operação completa, mas terá capacidade de receber cerca de 18 mil torcedores.

“O Botafogo está fazendo por ter todas as garantias de segurança para o público e conforto. Bilheteria, estacionamento, acesso para pessoas com necessidades especiais, ou seja, tudo estará em perfeitas condições com seu anel inferior funcionando”, avisou Pereira.

Programa de sócio-torcedor

O Botafogo também aproveitou o retorno ao Engenhão para lançar novos preços do programa de sócio-torcedor Sou Botafogo. Os preços vão de R$ 14,90 a R$ 119,80. São sete opções no total, sendo que os dois mais acessíveis oferecem carteira personalizada, descontos e promoções para os jogos.

O torcedor que se associar no programa no valor de R$ 24,80 terá direito a meia- entrada nos jogos. A partir do quarto valor, o alvinegro garante entrada nos diferentes setores do “Niltão”.

“É uma convocação ao botafoguense para que ele se junte ao Botafogo na campanha de Carioca e, principalmente, Copa do Brasil e Série B do Brasileirão. Todos os recursos serão direcionados ao futebol. Para retornarmos ao nosso lugar de direito, precisamos contar com o apoio da nossa torcida. Essa não será uma promessa vazia”, assegurou o presidente do Botafogo

Fonte: UOL (FOTO: Extra Online)